Rodrigo Faraco: um Figueirense cheio de dificuldades - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

Problemas13/03/2017 | 08h30Atualizada em 13/03/2017 | 08h30

Rodrigo Faraco: um Figueirense cheio de dificuldades

Confira a análise do colunista do jornal Hora de Santa Catarina

Rodrigo Faraco: um Figueirense cheio de dificuldades Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

Tudo é muito difícil sempre para o Figueirense atual. É um time com poucas opções, sem criação e pouco competitivo. Por mais que esteja mais organizado do que era na época do técnico Marquinhos Santos. O time foi frágil em Brusque.

Envolvido desde o princípio no Augusto Bauer, o Furacão escapou de um placar pior no primeiro tempo graças ao goleiro Tiago Rodrigues, mas quando estava no seu melhor momento no jogo, o volante Josa colocou tudo a perder.

Com um time cheio de garotos, foi um jogador experiente que complicou o time com a expulsão. Era início de segundo tempo e o Figueirense tinha feito muito mais do que na primeira etapa. A derrota veio naturalmente a partir dali. E o Figueirense continua mostrando problemas e dificuldades e não soluções e facilidades.

Leia todas as colunas de Rodrigo Faraco no Hora SC

Veja todas as notícias sobre o Figueirense


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCAprenda a enfrentar o medo de falhar na hora H https://t.co/EP8inH8fWChá 3 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCUdesc promove atividades culturais gratuitas neste sábado em Florianópolis https://t.co/ZznjrHJLughá 3 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca