Em casa, Criciúma encara o Guarani com chance de deixar o Z-4 - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Série B16/06/2017 | 07h06

Em casa, Criciúma encara o Guarani com chance de deixar o Z-4

Tigre atua no Heriberto Hülse, estádio em que venceu a primeira na competição, e busca outra vitória para conseguir subir na tabela

Em casa, Criciúma encara o Guarani com chance de deixar o Z-4 Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Três dias após ceder um empate para o Figueirense fora de casa, o Criciúma volta a campo na noite desta sexta-feira, com a possibilidade de, enfim, sair da zona do rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. O ponto positivo: voltar ao Heriberto Hülse e jogar ao lado da torcida, que viu a primeira vitória na competição duas rodadas atrás. O negativo: enfrentar o vice-líder Guarani, que tem cinco vitórias e apenas duas derrotas até aqui.

— Hoje o Juventude é o líder e nós os enfrentamos de igual para igual algumas rodadas atrás. Claro que tem que haver o respeito, mas sem medo. Aqui em casa, nós temos que mandar — afirmou o técnico Luís Carlos Winck.

Embora pregue a continuidade, Winck deve promover mudanças no setor ofensivo. Apresentado na véspera do jogo, o atacante Lucão receberá a sua primeira chance, deixando Zé Roberto no banco. Com dores musculares, Fabinho Alves será poupado e também fica entre os reservas. Silvinho vai compor o ataque ao lado de Caio Rangel, com os dois jogando mais pelas pontas e Lucão mais centralizado.

No meio de campo, o volante Jocinei está com uma lesão muscular de grau um e vai ficar ao menos uma semana no departamento médico. A vaga deve ser ocupada por Ricardinho, com Barreto ao seu lado. Destaque da última partida com dois gols, Douglas Moreira segue firme entre os titulares.

Em relação ao fato de ter tomado todos os nove gols até aqui no segundo tempo, o treinador afirma que o foco atual está em manter a intensidade.

— Nós não vamos conseguir contornar todos os problemas momentaneamente. Vamos procurar ajustar para ter uma equipe que possa, sim, manter a intensidade nos 90 minutos, o que não é fácil — analisou.

Sobre a situação na tabela, Winck acredita que a autoestima da equipe em casa já melhorou depois da vitória sobre o CRB. Agora, uma vitória tiraria o Tigre da zona de rebaixamento. O pensamento, no entanto, segue em jogo por jogo:

— Esses três pontos nos jogariam numa posição mais intermediária da tabela. Aí então começa a se pensar em uma situação. Temos a oportunidade de sair da zona do rebaixamento e vamos lutar por isso.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA: Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto, Ricardinho e Dodi; Caio Rangel, Lucão e Silvinho. Técnico: Luís Carlos Winck

GUARANI: Leandro Santos; Lenon, Genilson, Diego Jussani e Salomão; Evandro, Denner, Samudio, Bruno Nazário e Claudinho; Eliandro. Técnico: Vadão.

ARBITRAGEM: Renan Roberto de Souza, auxiliado por Tomaz Diniz de Araujo e Marcio Freire (trio da PB).

DATA E HORA: hoje, às 19h15

LOCAL: Heriberto Hülse, em Criciúma. 

Leia mais notícias do Criciúma

 
Hora de Santa Catarina
Busca