Figueirense, Chapecoense e Avaí: o caminho para a final - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

Estadual06/03/2018 | 07h08Atualizada em 06/03/2018 | 07h08

Figueirense, Chapecoense e Avaí: o caminho para a final

Três times estão na briga por duas vagas para o jogo único que define o dono do caneco do Campeonato Catarinense 2018

Figueirense, Chapecoense e Avaí: o caminho para a final Diogenes Pandini / Diário Catarinense/Diário Catarinense
Foto: Diogenes Pandini / Diário Catarinense / Diário Catarinense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Disputa aberta, com três times na luta por duas vagas na grande decisão do Campeonato Catarinense 2018. Líder e vice-líder, respectivamente, Figueirense e Chapecoense não conseguiram a vitória na 11ª rodada, disputada no fim de semana, e mantiveram as colocações e o ponto que os separa. No entanto, o Avaí conseguiu se aproximar da briga ao vencer fora de casa o Joinville. A tabela do Estadual reserva confrontos diretos entre os três times e devem ser decisivos para definir quais deles estarão na grande final da competição.

Na edição deste ano, o Catarinense será decidido em jogo único. O líder após as 18 rodadas recebe em seu estádio o segundo colocado, e em caso de empate o campeão seria conhecido após as cobranças de pênaltis. Neste momento, o Figueira enfrentaria a Chape no Orlando Scarpelli. Mas ainda há sete jogos pela frente, e o Avaí no encalço.

O primeiro embate direto é no domingo, o clássico entre os dois times da Capital. Ainda há jogos no meio de semana, mas o confronto pode mexer com as posições dos times na parte de cima. Um triunfo dos visitantes no Orlando Scarpelli, ainda, pode fazer com que a lutar fique embolada, dependendo de outros resultados.

No entanto, a definição dos finalistas e o mando de campo da decisão tem tudo para ser ficar para os últimos dois jogos. É quando a Chapecoense enfrenta o Figueirense na Arena Condá e o Avaí na Ressacada. Até lá, a corrida pela grande final estará perto da linha de chegada e os dois duelos envolvendo o Verdão serão o sprint final.

Figueirense
Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense

Figueirense
O maior desafio da equipe no segundo turno é enfrentar os considerados grandes jogando fora de casa, embora tenha clássico no Scarpelli. No primeiro e único duelo como visitante, porém, venceu o Criciúma.
CASA (77,8% aproveitamento)
Avaí, Inter de Lages e Hercílio Luz
FORA (73,3% aproveitamento)
Brusque, Joinville, Chapecoense e Concórdia

Chapecoense
Foto: Márcio Cunha / Especial, DC

Chapecoense
Para levar a final para a Arena Condá, vai precisar elevar o aproveitamento como visitante. É o único que não desperdiçou pontos em casa, porém como visitante somou seis dos 15 disputados até agora.
CASA (100% aproveitamento)
Criciúma, Hercílio Luz e Figueirense
FORA (40% aproveitamento)
Joinville, Tubarão, Brusque e Avaí

Avaí
Foto: Marco Favero / Diário Catarinense

Avaí
Para conseguir chegar ao menos em segundo, precisa de pouco mais do que vencer os confrontos diretos. Com quatro jogos em casa, necessita elevar o aproveitamento como mandante.
CASA (53,3% aproveitamento)
Hercílio Luz, Criciúma, Brusque e Chapecoense
FORA (66,7% aproveitamento)
Figueirense, Concórdia e Tubarão

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
Hora de Santa Catarina
Busca