Pílulas de Saber: exames de colesterol e glicose são pouco utilizados em pacientes tomando antipsicóticos - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Saúde26/05/2016 | 09h50Atualizada em 26/05/2016 | 09h50

Pílulas de Saber: exames de colesterol e glicose são pouco utilizados em pacientes tomando antipsicóticos

Carlos Tonussi traz as últimas descobertas na área da saúde

Pílulas de Saber: exames de colesterol e glicose são pouco utilizados em pacientes tomando antipsicóticos Marco Castellani-Flickr/Reprodução
Antipsicóticos são utilizados no controle de algumas desordens mentais Foto: Marco Castellani-Flickr / Reprodução
Carlos Rogério Tonussi
Carlos Rogério Tonussi

tonussi@farmaco.ufsc.br

Medicamentos antipsicóticos são utilizados no controle de algumas desordens mentais, principalmente a esquizofrenia. As medicações antipsicóticas estão associados ao ganho de peso substancial, bem como alterações na sensibilidade à insulina e metabolismo lipídico, que aumentam o risco de diabetes e doenças cardiovasculares. Uma nova pesquisa da Universidade de Colorado, EUA, constata que poucos adultos que tomam medicamentos antipsicóticos estão sendo avaliados para anormalidades nos lipídios do sangue, que incluem colesterol e triglicérides. A maior ausência destes exames está entre adultos até 40 anos, justamente o grupo para o qual já se sabe que a detecção e a intervenção precoces são mais eficazes em prevenir as doenças cardiovasculares.

Mente e coração

Os adultos com doença mental grave morrem de 20 a 30 anos mais cedo do que a média, em grande parte devido ao aparecimento de problemas como o diabetes, colesterol alto, pressão alta e outras doenças cardíacas. Tomar medicação antipsicótica aumenta esse risco. A American Diabetes Association e a American Psychiatric Association tem recomendado exames mais frequentes de colesterol e diabetes em pacientes que recebem antipsicóticos, mas as taxas desses exames permanecem baixas.

O estudo, publicado 11 de maio na revista JAMA Psychiatry, incluiu 9316 pacientes para identificar fatores associados a pouca realização de testes anuais de glicose e colesterol durante o tratamento com antipsicóticos.

Desconhecimento

O estudo constatou que a falta de testes foi maior entre os adultos de até 40 anos, provavelmente porque é a faixa que apresenta menos doenças crônicas. Ou seja, os médicos que prescrevem, e os pacientes que recebem, não estão atentos para o importante caráter preventivo desses exames, nem para o impacto que os efeitos colaterais desses medicamentos tem sobre o metabolismo e a saúde.

Uma melhor integração da medicina comportamental e serviços de cuidados primários deve ser prioridade de saúde pública.

Confira o Espaço do Trabalhador no Facebook
Acompanhe as notícias da Grande Florianópolis
Leia todas as colunas Pílulas de Saber

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SC"A lei proíbe o taxista recusar a corrida", diz Secretário da Casa Civil de Florianópolis: https://t.co/OACkYnCJiC… https://t.co/5Q2hQryh3Jhá 52 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCRolê com #Edsoul: o carnaval da Ilha em debate e o Apae Floripa É + para você curtir - https://t.co/kba3OsmNj2… https://t.co/Jrmj3dbJDjhá 1 horaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros