Clóvis Reis: Articulação do PR pode garantir abertura da CPI do Transporte Coletivo - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Blumenau17/09/2016 | 06h01

Clóvis Reis: Articulação do PR pode garantir abertura da CPI do Transporte Coletivo



O PR cogita escalar o suplente Diogo Santos, caso o titular Célio Dias não reassuma a vaga na Câmara de Blumenau. Ele pegou 30 dias de licença para tratamento de saúde, período em que Braz Roncáglio ascendeu ao plenário, e agora saiu por mais 15 dias para tratar de assunto particular.

A posse de Diogo Santos garantiria a assinatura necessária à instalação da CPI do Transporte Coletivo, uma bomba política as vésperas da eleição. Enquanto o vereador Célio Dias está alinhado ao prefeito Napoleão Bernardes (PSDB), o suplente Diogo Santos apoia o prefeiturável Jean Kuhlmann (PSDB), que elegeu a crise dos ônibus como tema de campanha.

O problema é que o retorno de Célio Dias, ao mesmo tempo em que evitaria a CPI, poria abaixo a engenharia política que permitiu a posse de Marco Antônio Wanrowsky (PSDB) como prefeito interino.

JORNAL DE SANTA CATARINA - JORNAL DE SANTA CATARINA

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros