Giro Motorizado: Opala, o bad boy do asfalto - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Carrão15/09/2016 | 10h23Atualizada em 15/09/2016 | 10h22

Giro Motorizado: Opala, o bad boy do asfalto

Essa viatura deixou de ser produzida em 1992, mas deixou muitos fãs

Giro Motorizado: Opala, o bad boy do asfalto Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Lançado em 1968, o Opala inaugurou a produção de carros de passeio da GM no Brasil. O coração do carro vinha com motores de até 6 cilindros, ambos com bloco e cabeçote de ferro fundido, comando de válvulas no bloco, acionamento das válvulas por varetas e carburador de corpo simples e com tração na traseira.

Confira as notícias da coluna Giro Motorizado

Os bancos eram inteiriços, o câmbio de 3 velocidades. O interior era simples. O desempenho da versão 3.8 atingia de 165 km/h e aceleração de 0 a 100 km/h em 13 s.O último exemplar do Opala foi a versão Diplomata Collector, saindo da linha de montagem em 1992. Deixou saudade.

Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Confira o Espaço do Trabalhador no Facebook
Acompanhe as notícias da Grande Florianópolis

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros