O que as escolas de Joinville fazem de diferente para se destacar no Ideb - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Ensino16/09/2016 | 22h05

O que as escolas de Joinville fazem de diferente para se destacar no Ideb

Em comum, as escolas municipais Adolpho Bartsch e Governador Pedro Ivo Campos (destaques nas séries iniciais) e Pastor Hans Muller e Carlos Heins Funke (nas séries finais) têm a palavra valorização

O resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2015, divulgado na última semana, trouxe novidades, mas não surpresas para quatro escolas públicas de Joinville. As notas mudaram, com evoluções nas médias e fazendo com que elas estejam entre as cinco melhores de Santa Catarina nas séries iniciais e as três melhores nas séries finais.

Adolpho Bartsch cria apostila e desenvolve parcerias para se desenvolver

Pastor Hans Müller é referência para alunos que moram e chegam à cidade

Carlos Heins Funke estimula a paixão pela natureza e pelos animais

Pedro Ivo Campos prioriza trabalho em conjunto e a valorização dos professores

Com isso, ficam também entre as primeiras colocadas entre as instituições públicas do Brasil e superam – algumas, com muitos pontos de vantagem – as metas criadas pelo Instituto Nacional de Estudos e de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, criador do Ideb, para serem alcançadas pelas escolas brasileiras até 2021.

Confira as últimas notícias de Joinville e região

Em comum, as escolas Adolpho Bartsch e Governador Pedro Ivo Campos (destaques nas séries iniciais) e Pastor Hans Müller e Carlos Heins Funke (nas séries finais) têm a palavra valorização, seja do espaço escolar, da formação dos professores, dos projetos que agregam novos conhecimentos ou da participação da família no dia a dia. Tudo orquestrado por gestões que buscam a pro-atividade e a autonomia na administração da unidade escolar.

Essas escolas fazem parte de comunidades com nível socioeconômico alto – estão localizadas na zona Norte, nos bairros Glória e Costa e Silva, e no distrito de Pirabeiraba –, mas buscam ir além do potencial da comunidade ao inovar entre os limites dos muros de suas unidades de ensino.
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros