Primeiro festival do pão com bolinho começa nesta sexta-feira em Blumenau - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Gastronomia16/09/2016 | 06h11

Primeiro festival do pão com bolinho começa nesta sexta-feira em Blumenau

Organização do evento quer tornar o prato um lanche típico da cidade

Primeiro festival do pão com bolinho começa nesta sexta-feira em Blumenau Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Nestor Fuck exibe o seu pão com bolinho, um dos mais famosos da Região Norte. Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS

– Ô Nestor, me vê um pão com bolinho.

Essa forma peculiar de pedir por qualquer tipo de produto, seja para um garçom, seja para os balconistas dos mais diversos negócios, é uma das frases mais ouvidas de um bar às margens da Rodovia Guilherme Jensen, na Itoupava Central. Lá está Nestor Fuck, com seu avental branco, aberto nos últimos botões, com a inscrição “Bar do Atlético”.

Ele não faz pratos requintados ou gourmets. Longe disso. Mas o seu sanduíche é um dos mais famosos da região. A receita? Pegue um pão, corte ao meio e coloque um bolinho de carne. Simples. Sem maioneses elaboradas, nada. A mostarda holandesa é a gosto de cliente que ainda pode optar por ter o acompanhamento de um delicioso (ou não) rollmops.

O que antes era um lanche comum dentro da estufa, como uma coxinha ou um pão de queijo, hoje é tratado como uma das principais iguarias da cidade. Motivo inclusive para a criação de um festival só para ele, que começa hoje e se estende até o dia 25 em Blumenau. Desde opções mais simples, como essa feita pelo Nestor, até as mais gourmets, com queijo gorgonzola e cebolas caramelizadas estão à disposição do público.

Um dos estabelecimentos que vai participar é a Polpetta, espaço que se dedica exclusivamente ao pão com bolinho. Beto Cavaletti, um dos sócios, acredita que explorar esse mercado é importante para a valorização de um prato importante para a cidade.


Mais gourmet, pão com bolinho da Polpetta faz sucesso no Centro. (Patrick Rodrigues)

Era algo pouco abordado antes por aqui. Sempre houve quem fizesse, mas era algo que surgia apenas como uma opção e não sem se aproveitava culturalmente falando — conta.

Não haverá um local único onde as pessoas poderão degustar os pratos. Cada casa servirá o seu lanche e, no total, 10 pontos irão participar do festival (confira na tabela ao abaixo), que é organizado pelo Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares (Sihorbs). A ideia, segundo o presidente Emil Chartouni, é alavancar em 10% a venda da iguaria nos estabelecimentos, mas esse número ainda é uma mera especulação, que já que edição será apenas um “piloto” para outras que virão pela frente:

– O que nós queremos é consolidar e fortalecer o pão com bolinho como o lanche símbolo de Blumenau, assim como acontece com o pão com mortadela no Mercado Público de São Paulo.

ONDE COMER

• Factory Beira Rio
• Restaurante Per Tutti
• Floresta Lanches
• Lanchonete Edelweiss
• Lanchonete Ipê
• União Lanches
• Butiquin Wollstein
• Polpetta
• Lanchonete Pinguim
• Excelência Café

JORNAL DE SANTA CATARINA - JORNAL DE SANTA CATARINA

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros