Rogério Peninha: "Cumpri minha palavra de não votar pela cassação de Eduardo Cunha" - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Promessa é dívida14/09/2016 | 14h43Atualizada em 14/09/2016 | 14h48

Rogério Peninha: "Cumpri minha palavra de não votar pela cassação de Eduardo Cunha"

Deputado federal catarinense foi o único ausente na bancada de SC e diz que decisão foi tomada quando parlamentar cassado abriu processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff

upiara boschi
upiara boschi

Único deputado federal catarinense que não vou votou pela cassação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na noite de segunda-feira, Rogério Peninha Mendonça (PMDB) justificou no início da tarde desta quarta-feira a ausência no plenário. O peemedebista disse, em nota, que havia dado a palavra de que não votaria pela cassação do colega de partido por ele ter dado seguimento ao processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Bancada catarinense vota em peso pela cassação de Eduardo Cunha
Moacir Pereira: O voto indireto de Peninha contra a cassação de Cunha

Peninha também disse que foi ajudado por Eduardo Cunha na liberação de emendas para sua região, o Alto Vale do Itajaí, "ligando para os ministros, presidentes de empresas públicas ou responsáveis pela liberação". Disse, no entanto, não ser conivente com possíveis crimes praticados pelo parlamentar cassado e que preferiu deixar este julgamento para o Judiciário.

Leia a íntegra da nota do deputado federal Rogério Peninha:

Em relação à minha ausência na sessão que cassou Eduardo Cunha, quero esclarecer alguns pontos:

1) Na Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha estava sendo julgado por "Quebra de Decoro Parlamentar", por supostamente ter mentido numa CPI.

2) Todos os crimes dos quais está sendo acusado, estão tendo o seu rito normal. Ele será julgado e, se for o caso, condenado pelo Judiciário.

3) Ao me ausentar da votação, que eu já sabia que ele seria cassado, apenas cumpri com minha palavra. Assim que Cunha levou adiante o processo do impeachment de Dilma - prevendo forte retaliação da antiga base aliada ao governo - eu disse que não votaria pela sua cassação, deixando o julgamento para o Judiciário, em reconhecimento ao seu trabalho como líder (embora não tenha sido eleito com meu voto) e presidente da Câmara.

4) Em muitos momentos, ele me ajudou na liberação de recursos para minha região, ligando para os ministros, presidentes de empresas públicas ou responsáveis pela liberação.

5) Se não fosse o pulso firme de Eduardo Cunha como presidente da Câmara, matérias de absoluto interesse da população jamais teriam sido pautadas, como a ¿Redução da Maioridade Penal¿, ¿Diminuição do Tempo de Campanha Eleitoral¿, ¿Regulamentação da Terceirização¿ e o projeto que ¿Torna Crime Hediondo o Assassinato de Policiais¿.

6) Cunha criou a Comissão Especial que aprovou o PL 3722, de minha autoria, que revoga o Estatuto do Desarmamento e permite que cidadãos de bem tenham direito à defesa.

7) O fato de eu ter uma boa relação de trabalho, ou ter sido fotografado com ele, não significa que eu seja conivente com seus possíveis crimes.

8) Todas as minhas campanhas políticas sempre se sustentaram em muito trabalho e pouco dinheiro. Mesmo já tendo 7 mandatos, NÃO HÁ UM ÚNICO PROCESSO contra mim. Ou seja, sou integralmente "ficha limpa".

9) Nunca recebi um só real de Eduardo Cunha. Não estou envolvido de forma alguma com a Lava Jato, nem em qualquer investigação que envolva políticos.

10) Todas as pessoas que me apoiaram em uma destas 7 eleições, sempre no PMDB, podem ter certeza que votaram num político sério e honesto. Nunca houve, até hoje, denúncia ou envolvimento em qualquer falcatrua que seja.

11) Quando votei a favor do impeachment de Dilma, não a condenei, e sim votei pelo prosseguimento do processo. Quem a julgou foi o Senado, sob a presidência de Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal.

12) Estou com a consciência tranquila por nunca ter feito nada de ilegal, que comprometa minha idoneidade, junto aos meus eleitores ou à população catarinense.

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros