Saiba quais são os 10 hospitais filantrópicos de SC que receberão R$ 18 milhões do Ministério da Saúde - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Recursos14/09/2016 | 17h31Atualizada em 14/09/2016 | 18h50

Saiba quais são os 10 hospitais filantrópicos de SC que receberão R$ 18 milhões do Ministério da Saúde

Valor será usado para habilitação de novos procedimentos nas unidades

O Ministério da Saúde confirmou na tarde de terça-feira a liberação a partir de outubro de R$ 18 milhões para 10 hospitais filantrópicosde Santa Catarina. A verba será usada para o credenciamento de novos serviços. A portaria que autoriza o repasse, em parcelas mensais, deve ser publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias. O ministro Ricardo Barros também anunciou que R$ 20 milhões em atraso do Mutirão de Cirurgias Eletivas em todo o Estado começam a ser pagos ainda em setembro, dividido em quatro parcelas até o fim do ano.

Hospitais filantrópicos recebem verba prometida mas filas de espera dobram

Os acertos ocorreram em reunião em Brasília com a presença do governador Raimundo Colombo, do secretário da Saúde de SC João Paulo Kleinübing e da secretária de Articulação Nacional Lourdes Martini.

Os 10 hospitais beneficiados no repasse de R$ 18 milhões foram contemplados por já estar realizando os procedimentos mas ainda não ter a habilitação que permite a contrapartida do governo federal ou porque estavam com os processos de homologação mais adiantados. Esses valores devem começar a A expectativa da Saúde estadual é de que novos convênios e portarias semelhantes sejam assinados futuramente.

Já os R$ 20 milhões das cirurgias eletivas passam primeiro pela Secretaria da Saúde, que distribui a verba conforme a demanda e a programação dos hospitais. Nesse caso, todas as unidades de SC, e não só as filantrópicas, devem receber parte dos recursos.

O secretário Kleinübing terá nova reunião na semana que vem na Capital federal para tratar de parcerias e repasses para os hospitais públicos estaduais.

Confira quais hospitais filantrópicos foram beneficiados e quanto vão receber:

Hospital São Vicente de Paulo, de Mafra
R$ 494,5 mil por ano para serviços de traumaortopedia
R$ 1,15 milhão por ano para leitos para AVC

Hospital São Donato, de Içara
R$ 2,3 milhões por ano para 30 leitos de retaguarda

Sociedade Beneficente Hospitalar Maravilha, de Maravilha
R$ 2,3 milhões por ano para 20 leitos de retaguarda

Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, de Navegantes
R$ 310 mil por ano para quatro leitos de retaguarda

Hospital São Lucas, de Guaraciaba
R$ 620 mil por ano para oito leitos de retaguarda

Hospital Oase, de Timbó
R$ 1,2 milhão por ano para seis leitos de retaguarda

Hospital de Caridade Coração de Jesus, de São Joaquim
R$ 775 mil por ano para 10 leitos de retaguarda

Hospital Misericórdia Vila Itoupava, de Blumenau
R$ 775 mil por ano para 10 leitos de retaguarda

Associação Fraiburguense de Saúde Coletiva, de Fraiburgo
R$ 2,3 milhões por ano para 30 leitos de retaguarda

Hospital Bethesda, de Joinville
R$ 119 mil por ano para serviços de terapia nutricional

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros