Bancada catarinense na Câmara teve apenas quatro votos contra a PEC do teto de gastos - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

VOTAÇÃO11/10/2016 | 10h36Atualizada em 11/10/2016 | 10h36

Bancada catarinense na Câmara teve apenas quatro votos contra a PEC do teto de gastos

Angela Albino, Carmen Zanotto, Décio Lima e Pedro Uczai se manifestaram contra a proposta

Bancada catarinense na Câmara teve apenas quatro votos contra a PEC do teto de gastos Leonardo Prado/Câmara dos Deputados
PEC foi aprovada em primeiro turno com 366 votos a favor e 111 contra Foto: Leonardo Prado / Câmara dos Deputados

A maioria da bancada catarinense votou a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria um teto de despesas primárias federais reajustado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) por 20 anos. 

Entre os 15 parlamentares catarinenses presentes na sessão da Câmara, que aprovou em primeiro turno a proposta com 366 votos a favor e 111 contra, somente Angela Albino (PCdoB), Carmen Zanotto (PPS), Décio Lima (PT) e Pedro Uczai (PT) se manifestaram contra.

Consultados pela reportagem na segunda-feira, Décio Lima se referiu às medidas como a "PEC da malvadeza", enquanto Pedro Uczai classificou como um "pacote de maldades". 

 O VOTO DOS DEPUTADOS

Angela Albino (PCdoB) - Não
Carmen Zanotto (PPS) - Não
Celso Maldaner (PMDB) - Sim
Décio Lima (PT) - Não
Edinho Bez (PMDB) - Sim
Esperidião Amin (PP) - Sim
Geovania de Sá (PSDB) - Sim
João Rodrigues (PSD) - Sim
Jorginho Mello (PR) - Sim
Marco Tebaldi (PSDB) - Sim
Mauro Mariani (PMDB) - Sim
Pedro Uczai (PT) - Não
Rogério Peninha Mendonça (PMDB) - Sim
Ronaldo Benedet (PMDB) - Sim
Valdir Colatto (PMDB) - Sim


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros