Eleições 2016: candidatos apostam em atividades de mobilização em Florianópolis, Blumenau e Joinville - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Segundo turno14/10/2016 | 18h44Atualizada em 14/10/2016 | 18h50

Eleições 2016: candidatos apostam em atividades de mobilização em Florianópolis, Blumenau e Joinville

Primeiro fim de semana após o retorno do horário eleitoral será de agenda cheia para os candidatos em Santa Catarina 

O primeiro fim de semana de campanha após o início das transmissões do horário eleitoral do segundo turno deve ser focado em atividades de mobilização. Pelo menos é o que prevê a agenda dos candidatos em Blumenau, Joinville e Florianópolis, cidades catarinenses com mais de 200 mil eleitores onde nenhum postulante superou 50% dos votos no primeiro turno.

Em Florianópolis, Gean Loureiro (PMDB), segue com a mesma estratégia que adotou no primeiro turno: muita rua, mantendo as caminhadas e ações em frente ao Terminal de Integração do Centro, o Ticen. Entre as atividades previstas para este fim de semana, está um bandeiraço e uma reunião na Lagoa, na sexta-feira à tarde e à noite; uma caminhada e adesivaço no sábado e ainda panfletagem no domingo.

Já a adversária do peemedebista, Angela Amin (PP), aproveita o tempo no rádio e na televisão — diferente do primeiro turno, agora a candidata tem 10 minutos de exibição — para se aprofundar no programa de governo. A assessoria ainda destaca que, com o apoio do PSB e dos parlamentares da coligação, já começa a se formar uma força-tarefa nas ruas promovendo o contato com lideranças comunitárias e eleitores.

Em Blumenau, Jean Kuhlmann (PSD), que se credenciou para o segundo turno com 35,07% dos votos, pretende reforçar as propostas e os problemas da cidade localizada no Vale do Itajaí. De acordo com o assessor de imprensa do candidato, a ideia é sensibilizar os eleitores que optaram por votar em branco ou anular os votos, além daqueles que se ausentaram do pleito.

O prefeito Napoleão Bernardes (PSDB), que busca a reeleição, está intensificando a agenda nos finais de semana. No primeiro turno, ele se licenciou. Agora permanece no cargo e faz campanha antes e depois do expediente. Na agenda, aposta no corpo a corpo.

Em Joinville, o candidato à reeleição pelo PMDB, Udo Döhler, tem intensa programação prevista para sábado. A agenda começa com uma caminhada às 9h no bairro Floresta e segue com a participação do candidato no 7º Stammtisch da Via Gastronômica. No fim do dia, Udo ainda vai a um encontro de mulheres no bairro Vila Nova e termina o dia na Festa da Bierville. Já no domingo, participa de apenas um compromisso, às 19h. Udo se credenciou para o segundo turno com 137,7 mil votos, 45,01% do total.

O adversário, Darci de Matos (PSD), também cumpre atividades externas neste fim de semana. Inclusive, a estratégia de ir ao encontro do eleitor ficou mais evidente nessa etapa da corrida eleitoral, pontua a assessoria do candidato. Além de caminhadas, Darci também participa de reuniões nos bairros e promove visitas pontuais em associações, prática que, conforme a coordenação da campanha, deve ser intensificada nos próximos dias. Paralelo aos compromissos na rua, outra demanda de Darci são as gravações dos programas que vão ao ar durante o horário eleitoral gratuito.

Leia também:

O calendário para o 2º turno das eleições em Joinville, Floripa e Blumenau

Gastos de vereadores eleitos foram 21,5% do teto da Justiça Eleitoral


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros