Laine Valgas: após denúncia, lixão irregular terá solução em São José - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Problema resolvido13/10/2016 | 08h33Atualizada em 13/10/2016 | 08h33

Laine Valgas: após denúncia, lixão irregular terá solução em São José

Prefeitura envia caso ao MP e Comcap cancela doações na Serraria

Laine Valgas: após denúncia, lixão irregular terá solução em São José Edna Fernandes/Arquivo Pessoal
Lixão funcionava em área residencial, sem alvará Foto: Edna Fernandes / Arquivo Pessoal

Fico feliz em voltar de um feriado com boas notícias por aqui: desta vez para quem mora na Rua Joaquim Coelho de Arruda, na Serraria, em São José. São pessoas que vem denunciando há semanas um lixão de recicláveis instalado na região (que é residencial), trazendo sérios problemas à comunidade. Aliás, o que era pra ser de reciclados, segundo eles, virou depósito de todo o tipo de lixo. 

Resultado? ¿Ratos enormes, baratas, moscas e principalmente mosquitos, sem falar no cheiro insuportável, em dias mais quentes!¿, reclamavam os moradores, que também questionavam a Comcap, que andava despejando todas as noites lixo no local. Uma de nossas leitoras chegou a ser ameaçada de morte pelo dono do lixão. Felizmente essa história toma outro rumo agora.

Multa, denúncia e fim de doações

Pedimos à prefeitura de São José e à Comcap uma posição (e solução) para o caso. Deu certo: "sobre a denúncia dos moradores, a equipe de fiscalização da Fundação Municipal do Meio Ambiente de São José já esteve no local. Ao constatar a irregularidade, já que não há qualquer autorização para a realização desta atividade naquela área, o proprietário foi autuado, determinando a imediata suspensão do trabalho, e multado. 

O proprietário pagou a multa, mas não fez a regularização. Os fiscais voltarão agora ao local, que será lacrado e o caso encaminhado ao Ministério Público, para que se tomem as devidas providências", explica a prefeitura.

Já a Comcap diz o seguinte: ¿em razão da denúncia, o diretor de Operações da Companhia, José Vilson de Souza, informa que foi suspensa a remessa de materiais recicláveis da coleta seletiva de Florianópolis para aquele local. A Comcap doa parte do material reciclável para empreendedores nos municípios vizinhos, gerando renda e emprego na Grande Florianópolis. 

Como este deixou de corresponder ao perfil exigido, deixará de receber a doação até que possa operar em condições adequadas¿. Ponto, mais uma vez, para a nossa parceria com os queridos leitores!

Leia mais informações da colunista Laine Valgas

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros