Laine Valgas: Casan responde sobre o "cheiro psicológico" - Geral - Hora de Santa Catarina

Esgoto17/10/2016 | 07h01Atualizada em 17/10/2016 | 07h01

Laine Valgas: Casan responde sobre o "cheiro psicológico"

Moradores de Potecas, em São José, reclamam da situação da ETE

A semana começa com o retorno à uma indagação feita há poucos dias pelo nosso leitor Jerri Martin sobre o que chama de descaso com a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Potecas, São José. ¿Há dias em que o cheiro é tão forte que provoca náuseas e em dias de chuva a situação agrava (...). A Casan não se manifesta claramente, o problema atinge milhares de famílias e persiste por mais de 25 anos¿, nos contava, aflito. Levamos a situação para companhia, que dá o seguinte retorno: ¿A Casan reconhece o problema e informa que inclusive foi assinado com a Fatma um termo de compromisso para remodelação completa dessa ETE, uma unidade muito antiga, construída na década de 1980. A companhia tem até 2018 para dar entrada junto à Fatma de um novo projeto e solicitar o devido licenciamento ambiental¿. 

Foto: CASAN / Divulgação

Pra ontem...

Como esperar por 2018 pra uma solução é quase desumano, perguntamos o que pode ser feito para, ao menos, diminuir o mau odor que deixa enlouquecidos os moradores, além de prejudicar a saúde deles. ¿Atualmente, está sendo licitado um investimento - no valor de R$ 3 milhões - para fazer a manutenção dos reatores da ETE, uma medida que vai reduzir o odor¿, completa a Casan. Vamos então acompanhar cada passo...e os moradores fiscalizando com a gente!

Confira todas as notícias da colunista Laine Valgas
Curta a página do Espaço do Trabalhador no Face

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros