Laine Valgas: uma a cada três crianças está acima do peso - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Saúde11/10/2016 | 09h45Atualizada em 11/10/2016 | 10h48

Laine Valgas: uma a cada três crianças está acima do peso

Dia Nacional de Prevenção à Obesidade alerta para cuidados com a alimentação das crianças

Laine Valgas: uma a cada três crianças está acima do peso Divulgação/OMS
Foto: Divulgação / OMS

Esta terça-feira é o Dia Nacional de Prevenção à Obesidade e o foco, desta vez, está nos pequenos: é que mais de um terço das crianças brasileiras entre cinco e nove anos está acima do peso, ou seja, uma em cada três. E a preocupação vai muito além do aspecto físico: isso possibilita o desenvolvimento de problemas de saúde sérios como colesterol alto, diabetes e hipertensão arterial – sem falar nas marcas emocionais, nos traumas que provoca. 

Fui uma criança gordinha e sei bem o que isso significa - um sofrimento enorme que, se não tratado, você leva pra vida inteira. 

Solução em família

Especialistas são unânimes: o sedentarismo e a alimentação inadequada são as principais causas da obesidade, tanto entre adultos quanto em crianças. Existem também causas e síndromes genéticas, mas elas respondem apenas por 2% a 5% dos casos de sobrepeso - os demais podem ser atribuídos aos maus hábitos. 

E por isso, um chamado aos pais: cuidem agora, pra não ter que se incomodar (e muito!) mais tarde. Um bom começo é estimular que as crianças se movimentem: a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda 300 minutos de atividades físicas por semana – pouco mais de 40 minutos, todos os dias. Outro grande perigo da obesidade, segundo médicos, está em não colocar limites na alimentação dos filhos – não se trata de proibir tudo, mas negociar. 

E se vale a dica de quem já passou por poucas e boas neste sentido, a melhor saída mesmo é que tudo seja feito em parceria: você dando o exemplo, atenção pro seu filho, e entrando nessa onda saudável em família.

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros