Universidades de SC assinam convênio com instituições da Alemanha - Geral - Hora de Santa Catarina

EDUCAÇÃO19/10/2016 | 09h16Atualizada em 19/10/2016 | 09h16

Universidades de SC assinam convênio com instituições da Alemanha

Parceria permitirá criação de vínculos científicos, com programas de intercâmbio de professores e pesquisadores

Universidades de SC assinam convênio com instituições da Alemanha Lucas Correia /  Agencia RBS/ Agencia RBS
Foto: Lucas Correia / Agencia RBS / Agencia RBS

Universidades comunitárias catarinenses integrantes do Sistema Acafe assinam hoje, na Alemanha, acordos de cooperação com instituições do Estado alemão de Turíngia. O acordo será oficializado na cidade de Erfurt, em conjunto com a Secretaria de Assuntos Internacionais do Governo do Estado e o Ministério da Economia, Ciências e Sociedade Digital da Turíngia. Na segunda-feira, um acordo diplomático formalizou SC e Turíngia como Estados-irmãos. 

A parceria com as instituições alemãs vai permitir a criação de vínculos científicos, com programas de intercâmbio de professores e pesquisadores. Vão participar da assinatura do acordo reitores da Unisul, Univali, Unochapecó, Unifebe e Unibave. 

– Para o Sistema Acafe, isso é importante porque permite o intercâmbio de estudantes e estamos trabalhando num programa de cooperação para pesquisa, isso nos coloca num circuito de alguns temas em que essa região da Alemanha se destaca – explica o presidente da Acafe, Sebastião Salésio Herdt, que também é reitor da Unisul. 

Leia mais notícias sobre Educação

Conforme Herdt, as instituições alemãs são referências em cursos de energias renováveis e trabalham em parceria com indústrias locais e multinacionais, que permitirão aos alunos intercambistas também se candidatarem a estágios no futuro. 

Para o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Sergio Luiz Gargioni, há espaço para avançar em áreas do conhecimento em que o estado alemão se destaca, como apoio a novas empresas e start-ups por conta da capacidade que elas têm na área de óptica, fotônica e outros de materiais.

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina, Sandro José Neis, que integra a missão, acredita que o acordo entre universidades abre oportunidades para o Estado capacitar também servidores públicos em cursos de pós-graduação e perícia.

Mais de 30 mil alunos de SC terão acesso à atualização dos contratos do Fies a partir desta quarta-feira


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros