Acompanhe a votação do pacote anticorrupção pela Câmara - Geral - Hora de Santa Catarina

Tensão em Brasília28/11/2016 | 22h00Atualizada em 29/11/2016 | 20h30

Acompanhe a votação do pacote anticorrupção pela Câmara

Apesar de acordo entre Planalto e presidentes da Câmara e do Senado, há temor de que parlamentares articulem emendas que desfigurem o projeto

Acompanhe a votação do pacote anticorrupção pela Câmara EVARISTO SA/AFP
No fim de semana, Renan Calheiros (esq.), Michel Temer (centro) e Rodrigo Maia (dir.) anunciaram acordo para barrar a anistia ao caixa 2 Foto: EVARISTO SA / AFP
Zero Hora
Zero Hora

Com mais de 266 deputados em plenário, a Câmara abriu, por volta das 17h55min, a ordem do dia desta terça-feira, período da sessão em que acontecem as votações. O principal item da pauta é o pacote de medidas de combate à corrupção, que foi aprovado em comissão especial na última quarta-feira.

Apesar de ter aberto a ordem do dia, a votação do pacote ainda não começou de fato. Deputados ainda estão discursando na tribuna, esperando mais parlamentares chegarem ao plenário. A primeira etapa da votação será a discussão, seguida pela votação do texto base. Em seguida, o plenário analisará os destaques e emendas à proposta.

AO VIVO: assista à sessão da Câmara que discute o pacote anticorrupção

Leia mais:
Pacote anticorrupção vai a votação nesta terça sob risco de manobras
Quais mudanças no pacote anticorrupção foram feitas em comissão na Câmara
Deputados articulam derrubar pacote anticorrupção no plenário

O pacote de medidas contra corrupção deverá ser votado sob ameaça de inclusão de medidas de última hora capazes de desfigurá-lo. Nos bastidores do Congresso há o temor de que, apesar do acordo entre os presidentes da República, Michel Temer, da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para barrar a anistia ao caixa 2, ocorra nova tentativa de modificar o texto do projeto a fim de dificultar punições. 

Outras possíveis mudanças incluem a previsão de crime de responsabilidade para magistrados e membros do Ministério Público e a limitação de prazo para investigar políticos com mandatos eletivos.

Confira alguns dos principais pontos do projeto que deverá ser votado na Câmara:


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros