Oitava edição do Mocotó Cor acontece neste sábado em Florianópolis - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Comunidade30/11/2016 | 17h29Atualizada em 30/11/2016 | 17h35

Oitava edição do Mocotó Cor acontece neste sábado em Florianópolis

Edição terá limpeza na rua e colocação de areia no terreno da ACAM

Oitava edição do Mocotó Cor acontece neste sábado em Florianópolis Guto Kuerten/Agencia RBS
Foto: Guto Kuerten / Agencia RBS

Neste sábado, mais uma vez, o morro do Mocotó, em Florianópolis, ficará colorido. A comunidade recebe a 8ª edição do Mocotó Cor, projeto que ajudou a pintar várias casas do local. A concentração será a partir das 7h30no estacionamento da Creche Celso Ramos, ao lado do SENAC, e a partir das 8 horas os voluntários começam a subir o morro.

Nesta edição serão instalados ladrilhos nas escadarias, além da limpeza e colocação de areia no terreno da ACAM Associação da Casa dos Amigos e Adolescentes do Morro do Mocotó, integrante da Rede IVG, que atende 180 crianças no contraturno escolar. Mais de 100 voluntários já confirmaram presença na ação.

O projeto Mocotó Cor é uma realização do Instituto Vilson Groh, ACAM, com a participação de diversas parcerias públicas, como a Comcap, OAB/SC e a Prefeitura de Florianópolis, além de patrocinadores e voluntários.

Foto: Fernando Willadino / Divulgação



Muita tinta

Até o momento já foram utilizados mais de 4 mil litros de tinta no projeto de revitalização nas casas e ruas, doados pela Tintas Renner, parceira do projeto desde a sua concepção, na pintura e recuperação de 144 casas, além da escadaria e da sede da ACAM.

Para edição deste sábado, dois novos parceiros: Portobello que doou os revestimentos cerâmicos e Casa Amarela Mat. de Construção e Terraplanagem, que doou a areia.

Foto: Fernando Mello / Divulgação

Segundo o presidente da ACAM, Willian Narzetti, o projeto vai muito além de trazer cores para a comunidade. É um movimento de cidadania, que recupera espaços deteriorados, como lixo espalhado, imóveis precários, acessos provisórios, fortalecendo a comunidade para fomentar a resolução de problemas existentes no território. Para isso, também está sendo articulada uma rede de desenvolvimento para o Mocotó contando com a participação das organizações (públicas, privadas e sociais) localizadas no entorno, principalmente na região da Prainha.

Leia mais notícias sobre a Grande Florianópolis


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros