Os desafios da indústria avançada para o Brasil - Geral - Hora de Santa Catarina

Joinville que Queremos - Opinião23/11/2016 | 07h12

Os desafios da indústria avançada para o Brasil

Os desafios da indústria avançada para o Brasil Divulgação/Divulgação
"Dentro de oito anos, 65% das pessoas executarão funções que hoje não existem. Como consequência, as mudanças no mundo do trabalho exigirão novas habilidades profissionais", diz Jefferson de Oliveira Gomes Foto: Divulgação / Divulgação

Cresce no mundo um novo conceito de indústria, que absorve avanços tecnológicos e novos modelos de relacionamento social e é embasado na hiperconectividade, inteligência artificial, elevado grau de digitalização e de sensoriamento, entre outros. Até 2020, haverá mais de 50 bilhões de interconexões entre pessoas e objetos, gerando negócios estimados em US$ 32 trilhões. A associação desses fatores permitirá algo como a customização em massa de produtos, a mudança na forma e no padrão de consumo e a possibilidade de produção em casa. É a quarta onda da revolução industrial, também chamada de manufatura avançada, indústria 4.0 ou internet industrial das coisas.

A plena integração da indústria ao novo modelo, entretanto, apresenta obstáculos que precisam ser superados. Há, por exemplo, a necessidade de um posicionamento coletivo sobre possíveis integrações tecnológicas e suas respectivas consequências sobre cadeias de suprimentos, necessidades de infraestrutura e legislação, além dos requisitos e restrições para desenvolvimento de recursos humanos. Incontáveis quantidades de novos produtos lançados nesse curto espaço de tempo têm levado a grandes mudanças na estrutura de relação entre empregado e empregador.

Os desafios estão também relacionados à educação profissional e à gestão de recursos humanos. Um terço das ocupações atuais, que envolvem 1 bilhão de pessoas, não existia há cinco anos. Dentro de oito anos, 65% das pessoas executarão funções que hoje não existem. Como consequência, as mudanças no mundo do trabalho exigirão novas habilidades profissionais. Competências sociais, sistêmicas e de resolução de problemas complexos serão diferencial no futuro mundo do trabalho. Este cenário exige um professor multicultural, que conheça tecnologias educacionais, presenciais ou não, e que seja reconhecido como elo essencial da cadeia do conhecimento. Por sua vez, a gestão de RH precisa transpor o modelo atual, preso a planos de cargos e salários dependentes de qualificações acadêmicas comprovadas e que ignoram competências múltiplas.

Confira as últimas notícias de Joinville e região.

Uma das poucas certezas que se tem é que o consumidor passa a se basear no significado da compra, sendo esta uma função da cultura e da localidade. O dia a dia evidencia que o modelo de estímulo ao consumo está vencido e as consequências precisam ser avaliadas pela indústria.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Joinville que Queremos 17/11/2016 | 10h44

Inovação está no centro das discussões empresariais de Joinville

O tema desta etapa do projeto Joinville que Queremos vai mostrar saídas para melhorar a cidade e olhar os problemas sob outra ótica

Joinville que Queremos 12/08/2016 | 08h49

Programa em Joinville oferece aulas gratuitas para pessoas com deficiência

Natação na Univille atende à comunidade em espaço para inclusão

Joinville que Queremos 09/08/2016 | 13h36

Projeto social no Jardim Paraíso em Joinville usa o esporte para fortalecer a cidadania

Mais de 50 crianças e adolescentes fazem parte do Projeto Leões de Judá

Joinville que Queremos 08/08/2016 | 08h04

Programas sociais em Joinville formam cidadãos por meio do esporte

Conheça os projetos que ensinam atividade esportiva e cidadania para jovens em situação de vulnerabilidade social. A segunda etapa do Joinville que Queremos vai apresentar histórias inspiradoras sobre o tema até o dia

Joinville que Queremos 18/06/2016 | 07h01

Entenda como Joinville se prepara para receber os recém-nascidos e dá suporte às grávidas atendidas na rede pública

No ECA, há um capítulo inteiro sobre a vida e a saúde como direitos fundamentais

OPINIÃO 17/06/2016 | 09h30

Direitos e Deveres

Sérgio Ricardo Joesting, promotor de justiça da infância e juventude fala sobre o ECA; para ele, a crise não é somente econômica ou política, é de falta de respeito

Joinville que Queremos 17/06/2016 | 09h01

Livro reúne relatos sobre aplicação do ECA no Norte de Santa Catarina

A publicação, com 270 páginas, faz um resgate histórico inédito no Brasil

Tema em discussão 16/06/2016 | 07h03

Joinville que Queremos: o que as crianças sabem sobre seus direitos

Desde cedo, as escolas ensinam, em sala de aula, sobre os direitos da criança e do adolescente. Como você encara o assunto? Durante 12 dias, o “AN” terá reportagens especiais sobre o tema

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros