Servidores paralisam atividades na UFSC nesta sexta  - Geral - Hora de Santa Catarina

MOBILIZAÇÃO23/11/2016 | 09h55Atualizada em 23/11/2016 | 11h35

Servidores paralisam atividades na UFSC nesta sexta 

Comissão Unificada da UFSC anunciou medida por meio do portal do movimento

Servidores paralisam atividades na UFSC nesta sexta  UFSC/Divulgação
Foto: UFSC / Divulgação

Formada por docentes, técnicos e estudantes, a Comissão Unificada da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) anunciou que paralisará todas as atividades na instituição nesta sexta-feira, 25. Segundo um comunicado no portal do movimento, as manifestações que ocorrem durante esta semana - e culminam com a suspensão dos trabalhos no próximo dia 25 -  buscam dar apoio à mobilização estudantil que ocorre na universidade. O grupo também é contrário à PEC 55, que será votada na próxima terça-feira.

No fim desta manhã, no hall de entrada da universidade, acontece uma assembleia com estudantes da graduação. O objetivo do encontro é decidir quais ações para sexta-feira. Já amanhã será a vez dos servidores técnicos e professores se encontrarem para deliberar as atividades. Ontem, estudantes da pós-graduação se reuniram para discutir uma possível paralisação a partir do começo de dezembro. 

A reportagem tentou contato com a chefia de gabinete da reitoria para questionar se a administração foi informada sobre a paralisação. No entanto, até o momento, a informação não foi confirmada. 

Atualmente, além do Colégio Aplicação, três Centros de Ensino estão ocupados. São eles: o Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), o de Ciências da Educação (CED) e o de Comunicação e Expressão (CCE). Já os os Centros de Ciências Biológicas e Socioeconômico (CSE), seguem parcialmente ocupados. 

Além de contrários à PEC, o grupo também se diz contra outras iniciativas do governo federal, como a Medida Provisória de reforma do Ensino Médio, a PEC da Escola Sem Partido e a PEC 65, do licenciamento ambiental. 

Informação também foi anunciada por meio das redes sociais

Sindicato nacional afirma que deflagrará greve a partir de amanhã

No último final de semana, os docentes das Instituições de Ensino Superior (IES) públicas que integram o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) aprovaram a deflagração de greve nacional, por tempo indeterminado, a partir de amanhã. Também amanhã será instalado, em Brasília (DF), o Comando Nacional de Greve (CNG). 

 O Sindicato dos Professores da UFSC (Apufsc), que não faz parte da base sindicatal, até o momento não se pronunciou se também deflagrará greve junto com os demais universidades do Brasil.  

Leia as últimas notícias:
Discussão entre grupos pró e contra ocupação da UFSC acaba em agressão
Diretores de centros devem pedir a saída dos alunos que ocupam prédios da UFSC
Pró-reitor da UFSC se envolve em confusão com estudantes que participam de ocupação

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros