Governo de SC tem até maio para divulgar lista de espera para consultas e cirurgias pelo SUS - Geral - Hora de Santa Catarina

Saúde 12/01/2017 | 18h05Atualizada em 12/01/2017 | 19h08

Governo de SC tem até maio para divulgar lista de espera para consultas e cirurgias pelo SUS

Lei estadual foi sancionada pelo governador Raimundo Colombo 

Governo de SC tem até maio para divulgar lista de espera para consultas e cirurgias pelo SUS /
Governo divulgou imagem da página inicial do novo sistema, previsto para estar no ar até março

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, sancionou a lei estadual 17.066, que determina a publicação na internet da lista de espera para procedimentos feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O documento diz respeito a consultas, exames, intervenções cirúrgicas ou outros procedimentos na rede pública de saúde. 

Segundo o texto da lei, publicado no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira, a lista deverá ser divulgada em um site específico gerido pela Secretaria de Estado da Saúde. O serviço deve entrar em funcionamento até 12 de maio deste ano.

Será responsabilidade do gestor do SUS na Secretaria de Estado da Saúde a atualização da lista, com base nas informações recebidas pelos órgãos de saúde. Caberá ao SUS também a criação de um número telefônico gratuito para consulta da população.

De acordo o texto, as listas devem abranger todos os pacientes inscritos nas diversas unidades do SUS de Santa Catarina, incluindo as entidades conveniadas e outras prestadoras que recebam recursos públicos. 

Os pacientes serão identificados pelo CPF ou pelo número do Cartão Nacional de Saúde. Os atendimentos deverão seguir a ordem de inscrição dos nomes, salvo nos procedimentos emergenciais. 

A Secretaria de Saúde comunicou, por meio de assessoria de imprensa, que há um projeto em finalização neste sentido. O gerente de Tecnologia da Informação da secretaria, Maurício Castro, observa, no entanto, que serão necessários alguns ajustes a serem feitos a partir do que prevê a lei e também esclarecidos alguns pontos da legislação. 

No novo sistema eletrônico do governo, o paciente poderá ter acesso ao seu lugar na fila entrando no site e informando o número do prontuário, a unidade hospitalar onde foi atendido pelo especialista e a data de nascimento (conforme imagem acima). 

 A previsão da gerência de Tecnologia da Informação (TI) da secretaria é que o sistema fique disponível até o mês de março. Mais de 85% dos dados dos 13 hospitais públicos já foram incluídos no sistema. Os próximos dois meses serão utilizados para a inclusão total das informações e ajustes ao formato ideal das informações a partir das demandas e sugestões das unidades hospitalares públicas. A secretaria diz que até o lançamento do projeto também será desenvolvido um aplicativo para acesso ao sistema de informações por meio de smartphones.

A lista de espera deve conter:

1 - A data de solicitação da consulta (discriminada por especialidade), do exame, das intervenções cirúrgicas ou de outros procedimentos 

2 - A posição que o paciente ocupa na fila de espera 

3 - O nome completo dos inscritos habilitados para consulta, exame, intervenção cirúrgica ou outros procedimentos 

4 - A relação dos pacientes já atendidos, por meio da divulgação do CNS ou do CPF 

5 - A especificação do tipo de consulta (discriminada por especialidade), do exame, das intervenções cirúrgicas ou de outros procedimentos; e a estimativa de prazo para o atendimento solicitado.

Leia também:
Tatuagens precisam se cuidados extras no verão. Saiba quais são eles

Duas pessoas já morreram com sintomas de doença misteriosa que deixa a urina preta

Vacina contra febre amarela é incentivada em 162 cidades de SC, após registro de 12 casos em MG

Dermatite associada ao uso de fraldas atinge 25% das crianças 

 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCNo Tirio apenas um segurança e um cachorro. UPA do Rio Tavares atendendo apenas emergências e agendados #GreveGeral https://t.co/N5Fcmfrz4shá 37 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCPM trabalha na remoção de escombros deixados por manifestantes na via que dá acesso ao aeroporto #greve https://t.co/Kq793L3YR6há 1 horaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros