Mário Motta: a esperança dos frequentadores do Pântano do Sul - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Descaso06/01/2017 | 09h13Atualizada em 06/01/2017 | 09h13

Mário Motta: a esperança dos frequentadores do Pântano do Sul

Sul da Ilha sofre com falta de postos para guarda-vidas

Um posto decente para os guarda-vidas. Essa é a esperança dos moradores e turistas que frequentam o Pântano do Sul e o Balneário de Açores, sul da Ilha de Santa Catarina. Recentemente uma empresa do ramo imobiliário (WOA) patrocinou a construção de pelo menos cinco postos que foram espalhados em outras praias. Quem sabe outras empresas se sintam estimuladas a seguir o exemplo e o Pântano do Sul venha a ser contemplado.

Foto: Mário Motta / Arquivo Pessoal

Essa é uma das esperanças de quem frequenta uma das mais belas praias de nossa Ilha da Magia. Esse é o último posto que a praia já teve. Depois de destruído (é possível que o motivo tenha sido a última ressaca de 4 de dezembro), todos aguardam sua recuperação.

Confira as notícias do colunista Mário Motta
Curta a página do Espaço do Trabalhador no Face

 
Hora de Santa Catarina
Busca