México não pagará por muro na fronteira com os Estados Unidos, diz Peña Nieto - Geral - Hora de Santa Catarina

Diplomacia12/01/2017 | 08h42

México não pagará por muro na fronteira com os Estados Unidos, diz Peña Nieto

Na quarta-feira, o presidente eleito Donald Trump declarou que a contenção será construída entre os países em até um ano para evitar a imigração

México não pagará por muro na fronteira com os Estados Unidos, diz Peña Nieto ALFREDO ESTRELLA/AFP
Presidente do México, Enrique Peña Nieto reafirmou que o país não pagará pelo muro Foto: ALFREDO ESTRELLA / AFP
Agência Brasil
Agência Brasil

O governo mexicano declarou que não pagará a conta do muro, que cobrirá 3,2 mil quilômetros de fronteira. O preço da obra pode chegar a US$ 12 bilhões, de acordo com cálculos do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, durante a campanha.

O mandatário mexicano, Enrique Peña Nieto, reafirmou que o país não pagará pelo muro, mas se disse disposto a trabalhar para ter uma boa relação com o governo Trump.

"É evidente que temos algumas diferenças com o próximo governo dos Estados Unidos " mas, ainda assim, o governo mexicano trabalhará "para ter uma boa relação com os Estados Unidos e seu presidente", disse Peña Nieto.

Leia mais
Trump diz que Rússia pode estar por trás de ataque hacker nas eleições dos EUA
Trump nega que Rússia tenha informações comprometedoras sobre ele
Rodrigo Lopes: Ou Trump está nas mãos do Kremlin ou é vítima do mesmo veneno

O novo chanceler mexicano, Luis Videgaray, avaliou que "os Estados Unidos têm o direito de proteger suas fronteiras", mas é "inadmissível que o México pague por infraestrutura dos Estados Unidos. Isso não vai acontecer", declarou.

— Nem hoje, nem amanhã, nem nunca o México pagará por esse muro estúpido. Se Trump quiser um monumento ao seu ego, ele que pague! — disse o ex-presidente Vicente Fox.

Migração pode ser evitada

O presidente eleito dos Estados Unidos declarou que, em menos de um ano, construirá o muro na fronteira com o México para evitar a imigração e garantiu que o vizinho pagará pela obra "de uma maneira ou de outra", possivelmente pagando impostos. Trump ameaça intervir em remessas enviadas por mexicanos nos Estados Unidos.

A afirmação foi feita por Trump em sua primeira coletiva de imprensa em 167 dias. Ele já havia ameaçado intervir nas remessas que milhões de trabalhadores mexicanos enviam dos Estados Unidos — uma das maiores receitas do México e sustento de muitas famílias —, se o país não pagar a construção do muro ao longo dos 3,2 mil quilômetros de sua fronteira sul.

O vice-presidente eleito Mike Pence está trabalhando com várias agências e com o Congresso para aprovar o financiamento do muro e dar início à sua construção, segundo Trump. A polêmica ideia do muro foi lançada no início de sua campanha.

 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCTécnico da Chapecoense atribui derrota a erros individuais, gol no início e péssima arbitragem https://t.co/AQC34iLdjlhá 6 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCEspecialistas divergem sobre reflexos das mudanças do texto-base da reforma trabalhista https://t.co/Lj5wyTxFeB #reformatrabalhista #HoraSChá 6 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros