"Nossa missão é libertar cada centímetro quadrado do território sírio", diz Assad - Geral - Hora de Santa Catarina

Conflito09/01/2017 | 07h53

"Nossa missão é libertar cada centímetro quadrado do território sírio", diz Assad

Presidente da Síria negou as acusações de que o governo venha torturando presos e realizando bombardeios contra civis e hospitais

"Nossa missão é libertar cada centímetro quadrado do território sírio", diz Assad HO/AFP
Foto: HO / AFP
AFP
AFP

O presidente sírio, Bashar al-Assad, disse que está decidido a libertar "cada centímetro quadrado do território" da Síria dos "terroristas", como classifica todos os grupos rebeldes ao regime. O mandatário fez a declaração para meios de comunicação franceses.

— Temos a legitimidade para libertar qualquer zona controlada pelos terroristas, independentemente do nome que utilizem — disse o presidente às rádios RTL e France Info e ao canal de notícias LCP. — Podem se chamar Estado Islâmico (EI), Al Nusra (braço sírio da Al-Qaeda), dizer que são moderados ou Capacetes Brancos (serviços de socorro nas zonas rebeldes), não interessam os nomes.

Leia mais
Dez pessoas morreram de frio no domingo na Polônia
Hillary não participará de mais nenhuma eleição, indica conselheira
Obama admite ter subestimado impacto de interferência russa nas eleições

Bashar al-Assad negou as acusações de que o regime sírio venha torturando presos e realizando bombardeios contra civis e hospitais. De acordo com o presidente, "se tivéssemos feito tais coisas, não teríamos apoio, não seria presidente e o governo não existiria mais".

— Nossa missão constitucional é libertar cada centímetro quadrado do território sírio, isso nem mesmo se discute — afirmou. — Pudemos resistir durante toda a guerra porque temos apoio popular. E não se pode ter apoio popular se matamos os próprios cidadãos. Portanto, esta história não se sustenta — disse Assad.

A repressão sangrenta de manifestações de protesto em março de 2011 deu lugar rapidamente a uma guerra civil na Síria, que se converteu em conflito internacional.

Mais de 310 mil pessoas morreram em quase seis décadas de guerra.


 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCPrevisão é de chuva forte até quarta-feira em Santa Catarina https://t.co/cIPF2ZLRvS #tempo #HoraSC https://t.co/Lm4vxcUdt2há 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCFalha no acesso à inscrição do Sisu afetou cerca de 600 mil candidatos https://t.co/N1CPd03dXV #Sisu #HoraSC https://t.co/fw5CnW7yiYhá 1 horaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros