Assalto a banco termina com três mortos e três feridos em São João Batista, na Grande Florianópolis - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Grande Florianópolis 11/02/2017 | 09h45Atualizada em 13/02/2017 | 16h25

Assalto a banco termina com três mortos e três feridos em São João Batista, na Grande Florianópolis

Entre os feridos estão um delegado e um policial civil, que seguem internados neste domingo

Assalto a banco termina com três mortos e três feridos em São João Batista, na Grande Florianópolis Polícia Militar/Divulgação
Foto: Polícia Militar / Divulgação
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Três homens morreram e outros três ficaram feridos após um assalto a uma agência do Banco do Brasil no centro de São João Batista, na Grande Florianópolis, durante a madrugada deste sábado. A Polícia Civil, que tinha informações sobre um possível assalto na região, foi até o local com uma equipe da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) e trocou tiros com pelo menos oito assaltantes. 

No confronto, por volta das 4h, três suspeitos morreram, um ficou ferido com gravidade e outros quatro conseguiram fugir em dois carros. Dois agentes — o delegado Anselmo Cruz e um policial civil — também foram atingidos, mas passam bem. 

— Foi extraídos cerca de 700 ml de sangue do pulmão dele (delegado Anselmo). Já fez os exames para fazer a remoção do projétil que está nas costas. Ele está consciente, sedado, mas agora está começando a passar o efeito dos medicamentos, então ele está com muita dor. Mas sem risco de vida. O rodrigo (policial civil) levou um tiro de raspão no pé e se prepara para uma cirurgia na terça ou quarta-feira — explicou o diretor da Deic, delegado Adriano Bini. 

Ainda na manhã deste sábado, outros dois suspeitos foram capturados na cidade. Entre as armas deixadas pelos assaltantes na fuga, pelo menos uma submetralhadora, pistolas e fuzis foram encontradas. 

— A Polícia Civil recebeu a informação que caixeiros com forte armamento planejavam fazer uma ação criminosa na região. No local, houve uma intensa troca de tiros que resultou em três mortos e na fuga de ao menos quatro homens e dois carros — contou o delegado. 

Segundo Bini, a captura de dois agentes, em Araranguá, no Sul catarinense, foi feita pelo Serviço Aeropolicial da Polícia Civil (Saer). No veículo em que os suspeitos foram encontrados, a polícia achou mais armas, roupas e dinamites.  

Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Polícia Civil continua nas buscas dos outros assaltantes. A informação é de que os demais integrantes da quadrilha estejam escondidos na região de Criciúma. Um carro usado na fuga foi encontrado incendiado na região. Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal fazem um cerco na região. 

Todos os feridos foram encaminhados para o Hospital Municipal Monsenhor José Locks. Por volta das 8h30min, os dois agentes da polícia foram levados para o Hospital Regional de São José, onde devem ficar em observação.

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Na manhã deste sábado o Instituto Geral de Perícias (IGP) esteve no local do confronto e fez a perícia. Dentro da agência, pelo menos um caixa eletrônico foi destruído. Na rua em frente ao banco, os projéteis e as marcas de sangue ainda podiam ser vistas pelos moradores.

No confronto, veículo foi atingido Foto: Polícia Militar / Divulgação

Leia mais notícias:

Carro é incendiado no bairro Jardim Paraíso em Joinville, no Norte de SC
"Foi uma agressão à segurança pública", diz delegado da Polícia Civil sobre atentados em delegacias

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCPioneiro na propaganda e no rádio de SC, Antunes Severo morre aos 85 anos: https://t.co/Eb3P4Wt3Aa https://t.co/vU9fGK2zethá 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCPapo da Hora: palestras gratuitas sobre saúde acontecem nesta quinta-feira em Florianópolis: https://t.co/xk1ydnTJuO https://t.co/OGJdvgyiVXhá 2 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca