Centenas de baleias morrem encalhadas na costa da Nova Zelândia - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Oceania10/02/2017 | 07h48Atualizada em 10/02/2017 | 12h16

Centenas de baleias morrem encalhadas na costa da Nova Zelândia

Caso é um dos maiores episódios envolvendo mortes de cetáceos no país

Centenas de baleias morrem encalhadas na costa da Nova Zelândia AFP PHOTO/NEW ZEALAND DEPARTMENT OF CONSERVATION
Foto: AFP PHOTO / NEW ZEALAND DEPARTMENT OF CONSERVATION
AFP
AFP

Centenas de baleias encalharam, nesta sexta-feira, em uma praia da Nova Zelândia. O fenômeno ocorreu em Farewell Spit, na região de Golden Bay, na extremidade norte de South Island, uma das principais ilhas do país. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente neozelandês, apesar dos esforços de voluntários, a maioria dos animais morreu.

O caso é um dos maiores episódios envolvendo mortes de baleias encalhadas no país, onde o fenômeno é relativamente frequente. Em apenas outras duas vezes foram registradas mais mortes, ainda no século passado.

Leia mais
"Qualquer um que use linguagem ameaçadora" se arrependerá, diz Rohani
Corte de apelações mantém bloqueio a decreto anti-imigração de Trump

O porta-voz do governo, Andrew Lamason, afirmou que 70% das baleias morreram e ressaltou que as perspectivas de resgate para tentar devolver as sobreviventes para o alto-mar não eram muito otimistas.

— Com essa quantidade de exemplares mortos, deve-se presumir que as demais se encontram em mau estado — lamentou, em entrevista à Rádio Nova Zelândia. — Por esta razão, nós nos preparamos para o pior — admitiu.

O número de cadáveres na água vem dificultando o trabalho para devolver os cetáceos ao oceano. No entanto, parte significativa das baleias já foi recolocada para o alto-mar, conforme o governo. 

— Esperamos que a maré os leve mar adentro e que possam seguir — completou Lamason.

As baleias-piloto são conhecidas pela tendência a retornar para a praia, apesar de ser colocada de novo no mar. Os especialistas acreditam que o comportamento pode ser uma tentativa para reunir-se com os demais membros do grupo.

Fenômenos anteriores com números maiores foram registrados em 1918, quando mil exemplares encalharam nas ilhas Chatham, e em 1985, quando 450 baleias encalharam em Auckland.

As baleias-piloto chegam a medir até seis metros de comprimento e são a e espécie mais comum na Nova Zelândia. Em Farewell Spit, que fica 150 quilômetros ao oeste da cidade turística de Nelson, ao menos nove fenômenos de baleias encalhadas foram registrados na última década. Esta última é a mais importante no período.

De acordo com analistas, não existe explicação científica clara para o comportamento, sendo a causa mais provável a geografia submarina do local.

— Se alguém se propuser a projetar um lugar para atrair baleias, Golden Bay seria provavelmente o local ideal — disse Lamason. — Diante de Farewell Spit existe uma grande quantidade de areia em forma de gancho e as águas são pouco profundas: depois que as baleias entram é difícil que consigam sair — completa.

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCLaine Valgas: moradora de Palhoça pede ajuda para encontrar cachorrinha: https://t.co/5bjqHf6a4t https://t.co/Rh0Qe1MjZfhá 31 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCBom dia, leitores! Esta é a nossa capa de hoje, sexta! #HoraSC #Sextou https://t.co/9qoatvLsLfhá 56 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca