Os Protegidos da Princesa, da Capital, levará a Amazônia para a Nego Quirido  - Geral - Hora de Santa Catarina

Carnaval 201714/02/2017 | 08h00Atualizada em 14/02/2017 | 09h22

Os Protegidos da Princesa, da Capital, levará a Amazônia para a Nego Quirido 

Bateria da tradicional agremiação promete dar um show à parte

Os Protegidos da Princesa, da Capital, levará a Amazônia para a Nego Quirido  Marco Favero/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Com dezembro e janeiro na indefinição, preocupação com contas e curto tempo, Os Protegidos da Princesa, a escola de samba mais antiga da Ilha, quase sucumbiu à crise econômica e ao corte de recursos para o Carnaval. Mas é só participar de um ensaio da agremiação e ver a força que este grupo leva no peito: bateria marcante, membros engajados e comunidade presente. E tinha como a Protegidos ficar de fora? É claro que não.

A escola será a segunda a entrar na passarela Nego Quirido, no próximo dia 25 de fevereiro. Como os trabalhos de confecção de fantasias e alegorias começaram há pouco tempo, o grupo faz uma força-tarefa para levar, com todo o requinte, a história de Arapaço, um grupo indígena que vive na Amazônia, e o mito do amor entre uma índia e uma serpente. O samba-enredo, que você pode conferir abaixo, está lindíssimo.

Segundo o presidente da escola, Alessandro Padilha, o Leco, este ano o grupo sairá com 15 alas e um carro alegórico apenas. Se entrar mais dinheiro até o dia do desfile, explica, o número pode aumentar. Serão cerca de 1 mil a 1,2 mil pessoas na avenida.

— Vamos vir com humildade. Será um Carnaval de superação. Mas temos a força da nossa comunidade, que está com a gente — disse Leco.

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Embora a Protegidos esteja presente nas mais diversas comunidades, é no Morro Mocotó que ela tradicionalmente ganha força. Sua bateria, uma das mais elogiadas e com melhores notas, conta com boa parte de integrantes do morro do Centro. O Groove da Favela, como se chama a bateria da Protegidos, mô quirido, continua na área e vai botar a Nego Quirido para tremer.

Conheça a candidata à Musa da Hora pela Protegidos da Princesa

A mais antiga

Dá para dizer que a Protegidos da Princesa e o Carnaval de Florianópolis andam lado a lado. A agremiação é a mais antiga da cidade. Fundada em 18 de outubro de 1948 por marinheiros, no ano que vem completará 70 anos de samba e história. Aguardem!

Já de cara, a primeira conquista da Protegidos foi um tricampeonato de 1949 a 1951. A escola possui 26 títulos, é mole? A última vez que carregou o posto de campeã foi em 2015, sendo que em 2014 já tinha levado o prêmio para casa. Este ano, um pouco mais realista por conta da difícil situação econômica, continua na briga, mas com foco e pensamento em 2018.

Quer desfilar pela Protegidos?

Ainda dá tempo para desfilar pela Protegidos da Princesa na Nego Quirido. Integrantes da escola estão atendendo os interessados no Colégio Celso Ramos, na Prainha, de segunda a sexta-feira, das 13h30min às 19h. Para mais informações, também dá para ligar no número (48) 99128-5030 e falar com a Andreza.

Samba-enredo

Enredo: Arapaço – O mito do povo cobra
Compositores: Conrado Laurindo/ Fred Inspiração/ Ricardo Abraham/ Victor Alves/ Willian Tadeu

Recomendo juízo para desafiar
Eu trago a força dos ancestrais
O meu povo tem o dom de renascer
E não se curvar jamais
Em meio ao esplendor da floresta
Emergiu das águas, sobrenatural
Origem dos filhos do Uaupés
Entre cascatas e igarapés
Do amor... da bela índia e serpente
Paixão proibida e envolvente
Nasceu m mito, meio cobra meio gente

Um mistério na mata, eu vi
Unurato se transformar
A maldade do branco ferir
E foi-se embora para um dia voltar

Por esse tal Brasil
Selvas de pedra tão gigantes, ele viu
Fantasiado em diamantes, reluziu o meu delírio tropical
Então... na "alvorada" onde um cacique manda
Ergueu taba "concreta" e insana, uma nova capital
Bateram no seu peito a saudade e a missão
De construir nas profundezas outra civilização

Índio vai voltar pra sua terra
Índio traz a paz no seu canto de guerra

Eu sou o samba de verdade e pé no chão
Minha tribo é resistência e tradição
Antes de falar por aí que é o maior
Pede a benção na aldeia do Mocotó

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Ordem das reportagens seguirá a ordem do Desfile na Nego Quirido em 25 de fevereiro:

Quarta-feira (15): Nação Guarani
Quinta-feira (16): Embaixada Copa Lord
Sexta-feira (17): Unidos da Coloninha
Sábado (18): Dascuia

Conheça os candidatos a Musa e Muso da Hora no Carnaval 2017
Confira todas as notícias sobre o Carnaval 2017 em Florianópolis

Confira mais fotos dos ensaios da Protegidos


 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCTriatleta tem equipamento furtado em Florianópolis dois dias antes do Ironman: "Fiquei só com a roupa do corpo":… https://t.co/7lxSMIIptChá 12 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCTriunfo em Chapecó inspira Avaí na busca pela primeira vitória no Brasileirão: https://t.co/xGkkNVeDuy https://t.co/lsmQQNSk8ehá 13 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros