"Se eu não fizesse seria cobrado por não ter tomado medidas imediatas", afirma Gean sobre suspensão do plano de carreira dos servidores - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Entrevista14/02/2017 | 11h20Atualizada em 14/02/2017 | 11h20

"Se eu não fizesse seria cobrado por não ter tomado medidas imediatas", afirma Gean sobre suspensão do plano de carreira dos servidores

Prefeito afirmou que medida foi necessária para equilibrar as contas do município

"Se eu não fizesse seria cobrado por não ter tomado medidas imediatas", afirma Gean sobre suspensão do plano de carreira dos servidores Felipe Carneiro/Agencia RBS
Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

A queda de braço entre a prefeitura de Florianópolis e os servidores da saúde, assistência social e educação - parados há 29 dias - parece não ter solução imediata. E se nada mudar, nas próximas 48 horas o Ministério Público (MP) deve abrir processo administrativo contra os grevistas. Em meio as negociações, o prefeito Gean Loureiro reafirmou, em entrevista nesta manhã, que a lei suspendendo o plano de carreira dos servidores "foi uma medida necessária" para equilibrar as contas do município. 

Confira a entrevista:

Após 29 dias de greve, o senhor não acha que enviar o pacotão de medidas poucos dias depois da sua posse foi uma medida precipitada?
Não. Foi uma medida necessária. Se eu não fizesse seria cobrado por não ter tomado medidas imediatas. Isso tudo foi diante da irresponsabilidade da gestão anterior que não teve responsabilidade para equilibrar as contas. Muitas vezes o administrador pode até vivenciar uma certa impopularidade, mas a sociedade vem cobrando da prefeitura a administração de todas as contas. 

O Ministério Público (MP) afirmou nesta manhã que ingressará com um pedido de improbidade administrativa contra o senhor, caso não desconte os dias parados dos servidores. Você já foi notificado?
Sim, o promotor já deixou que ingressará com outra ação. E já determinou para a prefeitura que ingresse com uma ação individual para contra os servidores que estão em greve. Em dezembro, o município atingiu 58% da receita líquida. Eu sou obrigado a reduzir isso até abril, pois serei processado.

Como fica a folha de pagamento dos servidores parados?
Dia 15 é prévia do contra-cheque dos servidores. Assim, os servidores parados em janeiro serão descontados nesta prévia. Já os que estiverem parados em fevereiro, serão descontados em abril. É uma orientação do MP e uma determinação muito clara que nós teremos que cumprir. 

O senhor não acha que, com a aprovação da lei que suspendeu o plano de carreira dos servidores e a sua fala de não negociar presencialmente com os grevistas, faz com que a população coloque a culpa das dívidas da prefeitura nos próprios trabalhadores?
Não. Nós temos de maneira muito clara que estamos dialogando com os servidores públicos. Mesmo estando em uma greve ilegal, a prefeitura continua o diálogo. Além disso, de todas as medidas enviadas para a Câmara, apenas duas têm relação com os servidores. O que nós estamos reavaliando e freando é o valor do crescimento da folha de pagamento. E para acabar com uma greve não adianta entregar tudo e inviabilizar financeiramente o município. 

O senhor por vezes fala em estabelecer diálogo com a excecutivo, mas nas mesas de negociação o senhor não é visto. Como fica essa questão?
Eu participo de todas as negociações mesmo não estando presente. A prefeitura continua aberta ao dialogo e os secretários estão abertos para a negociação. Mesmo com a greve sendo ilegal a gente continua conversando com eles. 

Leia mais notícias:
Reunião entre prefeitura de Florianópolis e sindicato termina sem acordo
Justiça pedirá abertura de processo administrativo contra servidores de Florianópolis


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SC"A lei proíbe o taxista recusar a corrida", diz Secretário da Casa Civil de Florianópolis: https://t.co/OACkYnCJiC… https://t.co/5Q2hQryh3Jhá 58 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCRolê com #Edsoul: o carnaval da Ilha em debate e o Apae Floripa É + para você curtir - https://t.co/kba3OsmNj2… https://t.co/Jrmj3dbJDjhá 1 horaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros