Adoção de figuras femininas em semáforos de Melbourne gera debate na Austrália - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Dia Internacional da Mulher08/03/2017 | 07h29Atualizada em 08/03/2017 | 07h29

Adoção de figuras femininas em semáforos de Melbourne gera debate na Austrália

Ação financiada por empresas e associações busca sensibilizar a opinião pública sobre a igualdade entre os sexos

Adoção de figuras femininas em semáforos de Melbourne gera debate na Austrália PAUL CROCK/AFP
Foto: PAUL CROCK / AFP
AFP
AFP

A cidade australiana de Melbourne adotou personagens femininos em seus semáforos, no lugar dos tradicionais bonecos, com o objetivo de sensibilizar a opinião pública sobre a igualdade entre sexos. A iniciativa vem provocando debates no país.

Por ocasião do Dia Internacional da Mulher, 10 semáforos situados em um dos cruzamentos mais movimentados da cidade apresentam figuras com vestidos. Algumas pessoas, no entanto, questionam se o experimento, que deve durar 12 meses, é realmente eficaz contra a desigualdade.

— A ideia por trás dos "cruzamentos da igualdade" é promover a igualdade entre sexos e reduzir os preconceitos inconscientes, mudando a iconografia que observamos diariamente, em particular nos semáforos — explicou Martine Letts, do Comitê de Melbourne, ao canal ABC.

Leia mais
WikiLeaks expõe suposto programa de espionagem digital da CIA
Secretário-geral da ONU pede mobilização contra a fome na Somália

A ONG formada por mais de 120 empresas e associações locais financiou a iniciativa, que recebeu o apoio do Estado de Victoria. As primeiras reações foram comedidas, algumas até irônicas. O prefeito de Melbourne, Robert Doyle, questionou o valor da experiência.

— Infelizmente, penso que este tipo de exercício caro deve provocar mais piadas do que apoio a um tema que é muito importante — afirmou à imprensa.

A ministra para os Direitos das Mulheres do Estado de Victoria, Fiona Richardson, aplaudiu a experiência, que segundo ela vai ajudar a combater o sexismo.

— Há muitas pequenas maneiras, mas simbolicamente importantes, de excluir as mulheres do espaço público — declarou. — A cultura do sexismo é feita de pequenos detalhes, como as figuras masculinas nos semáforos, e de questões maiores, como o índice de violência familiar contra as mulheres.


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCRolê com #Edsoul: Todos os caminhos levam ao CIC para ver #Dazaranha e #Camerata - https://t.co/YCk4CvmhMb #HoraSC https://t.co/KzkTx6Grwbhá 22 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCDono da #Havan apoia general que admitiu hipótese de intervenção militar: https://t.co/LOjYghQDEb #HoraSC https://t.co/VIuTeSiffghá 47 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros