Alemanha e Tunísia assinam novo acordo sobre imigração - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Diplomacia03/03/2017 | 11h18Atualizada em 03/03/2017 | 11h18

Alemanha e Tunísia assinam novo acordo sobre imigração

Presidente do país africano garantiu que o documento "não atenta contra a soberania" dos tunisianos ou de outras nações

Alemanha e Tunísia assinam novo acordo sobre imigração FETHI BELAID/AFP
Presidente tunisiano, Beji Caid Essebsi, ao lado da premiê alemã, Angela Merkel Foto: FETHI BELAID / AFP
AFP
AFP

Alemanha e Tunísia anunciaram, nesta sexta-feira, a assinatura de um novo acordo sobre imigração durante a visita da chanceler Angela Merkel ao país do norte da África.

— O acordo contentará tanto a Tunísia como a Alemanha — afirmou o presidente tunisiano Beji Caid Essebsi ao lado de Merkel.

Essebsi garantiu que o documento "não atenta contra a soberania da Tunísia ou de qualquer outro país".

Leia mais
May acusa separatistas escoceses de fazer política "como se fosse brincadeira"
Porta-voz do candidato da direita francesa à presidência pede demissão
Suspeito por morte do meio-irmão de Kim Jong-un é libertado na Malásia

A chanceler alemã disse que, com o acordo, a Tunísia se compromete, entre outras coisas, a identificar "em um prazo de 30 dias" os cidadãos que tiveram pedidos de asilo rejeitados por Berlim.

O tema provocou polêmica no caso do tunisiano Anis Amri, suposto autor do ataque que deixou 12 mortos em 19 de dezembro em uma feira de Natal de Berlim.

A Alemanha acusou as autoridades tunisianas pelo bloqueio da repatriação de Amri durante vários meses em 2016, ao não identificá-lo como um de seus cidadãos. Túnis, no entanto, rejeitou as acusações e atribuiu o atraso à complexidade do processo de identificação.

O acordo afeta 1,5 mil tunisianos com permissão de residência negada na Alemanha, afirmou Essebsi, que prometeu medidas nos consulados tunisianos na Alemanha para ajudar na identificação.


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCZé Love deve ficar de fora, e Milton Cruz não dá sinal de escalação do #Figueirense: https://t.co/JL6PzTkT2Q #HoraSC https://t.co/IRY08BRcmWhá 28 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCDanos causados pela #ressaca em #Florianópolis podem chegar a R$ 4 milhões: https://t.co/0QYi0RXUrL #HoraSC https://t.co/otvh2aMa24há 53 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros