Manezinho pretende usar dinheiro das contas inativas para limpar o nome na praça - Geral - Hora de Santa Catarina

FGTS09/03/2017 | 20h55Atualizada em 09/03/2017 | 20h55

Manezinho pretende usar dinheiro das contas inativas para limpar o nome na praça

Segundo pesquisa, essa será a escolha de 38% da população brasileira que terá acesso ao saque

Tá na boca do povo e só se fala numa coisa: a partir desta sexta-feira, parte dos 30 milhões de brasileiros já podem começar a sacar a graninha das contas inativas do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS). Nas ruas da Capital, a galera está sendo cautelosa. O dinheiro extra, para a maioria, será usado para pagar contas e dívidas acumuladas ao longo dos últimos meses.

Até parecia resposta pronta. Mas o manezinho está com vontade mesmo é de limpar o nome da praça. Há também quem queira aproveitar o momento para investir num negócio, como é o caso do cabeleireiro Ernando Heiderscheidt, de 26 anos, que encontramos no Centro de Floripa. Ele trabalhou em um salão por quatro anos, saiu, e agora, vai usar a grana para virar sócio do local que foi o seu primeiro emprego.

O resultado nas ruas de Floripa é muito parecido com o encontrado no restante do país. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), os brasileiros pretendem usar dinheiro para o pagamento de dívidas (38%), pagamento de contas do dia a dia (34%) e para guardar ou investir (20%).

— A maioria das pessoas não possui um valor tão alto nas contas, mas que é bastante significativo para auxiliar nas necessidades mais urgentes. Esse dinheiro pode ajudar o cidadão afetado pela crise a limpar o nome e recuperar seu crédito. Reduzir a inadimplência traz um impacto positivo sobre a economia, o que resulta em menores taxas de juros cobradas ao consumidor — avalia Roque Pellizzaro Junior, presidente do SPC.

Saiba tudo sobre o saque das contas inativas do FGTS
Veja quais agências da Caixa em SC têm horário diferenciado para saque de contas inativas do FGTS
Contas inativas do FGTS: confira dicas para usar o dinheiro conforme a sua necessidade

Fala, povo!

O que você vai fazer com o dinheirinho extra?

Foto: fala povo,fgts,saque,enquete / Agencia RBS

"Pagar dívidas e contas. Não tem nada melhor", Greici Keli de Souza, 29 anos, dona de casa. 

Foto: fala povo,fgts,saque,enquete / Agencia RBS

"Pagar as contas e se sobrar, guardar o dinheiro na poupança. Temos que guardar para garantir para depois", Luiz Ricardo Correa, 49 anos, vendedor.

Foto: fala povo,fgts,saque,enquete / Agencia RBS

"Pagar todas as contas e ficar sem dívida nenhuma", Maria Gorete Tomaz, 39 anos, cozinheira.

Foto: fala povo,fgts,saque,enquete / Agencia RBS

"Pagar o IPVA e guardar na poupança, se sobrar. Tem que se prevenir num momento como esse", Letícia Pereira, 44, dona de casa. 

Foto: fala povo,fgts,saque,enquete / Agencia RBS

"Pagar o meu aluguel que está atrasado, pagar outras dívidas e comprar comida para minha filha", Adriana Vinicius da Silva, 21, vendedora. 

Foto: fala povo,fgts,saque,enquete / Agencia RBS

"Vou investir num salão de beleza. Já trabalhava como empregado, mas tenho interesse em virar sócio. Quero investir no local", Ernando Heiderscheidt, 26 anos. 

Se liga

Mas não é todo mundo que já pode correr para agência e sacar o dinheiro. A Caixa Econômica Federal divulgou um calendário conforme a data de nascimento dos trabalhadores que estão aptos a sacar o fundo. Neste mês, 4,8 milhões de pessoas nascidas entre janeiro e fevereiro poderão retirar o benefício, o que corresponde cerca de 16% do total.

Outra dica é se programar, porque depois de julho, não vai dar para chorar que a grana não será mais liberada. O trabalhador só poderá sacar o valor das contas inativas quando se aposentar, comprar moradia própria ou se enquadrar em outras possibilidades de saque previstas nas regras do fundo, entre elas, ser morador de região afetada por catástrofe natural.

Confira o cronograma e só procure uma agência ou lotérica na sua data:

Nascidos em janeiro e fevereiro: 10 de março a 9 de abril

Nascidos em março, abril e maio: 10 de abril e 11 de maio

Junho, julho e agosto: 12 de maio a 15 de junho

Setembro, outubro e novembro: 16 de junho a 13 de julho

Dezembro: 14 a 31 de julho.

Entenda

As contas inativas do FGTS são de pessoas que pediram demissão e não sacaram o dinheiro, para utilizar, por exemplo, no financiamento à casa própria. O dinheiro que poderá ser sacado será apenas das contas inativas com data de desligamento do empregado até 31 de dezembro de 2015. Quem pediu demissão em 2016 ou em 2017, não poderá efetuar o saque.

Os beneficiários tiveram quatro opções para recebimento dos valores. Quem tem conta-corrente pode pedir o recebimento do crédito em conta pelo site da Caixa.

O saque também pode ser feito em caixas eletrônicos desde que o valor não ultrapasse R$ 3 mil. Para valores até R$ 1,5 mil, é possível sacar o benefício apenas com a senha do Cartão do Cidadão. Para créditos até R$ 3 mil, o saque no caixa eletrônico deve ser feito com o Cartão do Cidadão e a senha.

A retirada do FGTS inativo também pode ser feita em agências lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, com a apresentação do Cartão Cidadão, senha e um documento de identificação. O valor máximo de saque está limitado em R$ 3 mil.

Há, ainda, a possibilidade de retirar o dinheiro diretamente nas agências bancárias. Mas se prepare. As filas serão grandes. Os documentos necessários são o número de inscrição do PIS, documento de identificação do trabalhador e preferencialmente o comprovante da extinção do vínculo (CTPS* ou Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho). 

 


 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCQuestionada por militantes do movimento LGBT, Carol Duarte é destaque em "A Força do Querer"… https://t.co/vATNL8dQt6há 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCSanta Catarina deve ter ligações gratuitas ao CVV em até dois meses https://t.co/qfmjvkLIVU #suicídio #CVV #HoraSC https://t.co/36Z1Sb0EbThá 1 horaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros