Mário Motta: posto de saúde da Tapera deixa de aplicar vacinas após ser invadido - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

E agora?08/03/2017 | 08h59Atualizada em 08/03/2017 | 08h59

Mário Motta: posto de saúde da Tapera deixa de aplicar vacinas após ser invadido

Leitora pede ajuda, pois não previsão para o serviço voltar a funcionar novamente

Mário Motta: posto de saúde da Tapera deixa de aplicar vacinas após ser invadido CBN/Diário
Foto: CBN / Diário

Segundo a leitora Andréia, moradora de Florianópolis, não bastasse a greve dos servidores públicos municipais que causou muita dificuldade de acesso às unidades de saúde, ao ligar nesse começo de semana para o posto da Tapera, buscando a possibilidade de tomar vacina, foi informada que a sala de vacinas havia sido invadida.

Agora não há nem mesmo previsão de abrir novamente, pois será necessário uma reforma. Dois absurdos — o primeiro é a destruição do patrimônio público por vândalos ignorantes, que talvez nem percebam que estão atirando no próprio pé (basta que alguém de sua família precise do atendimento, por exemplo). Por outro lado, a dificuldade e a morosidade do serviço público que não consegue sequer prever quando e como conseguirá reabrir uma sala de vacinas. Esperamos que as providências sejam tomadas imediatamente.

Confira as notícias do colunista Mário Motta

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SC“Um ponto crítico é a falta de infraestrutura”, diz presidente da Floripa Airport. https://t.co/GTlsz3qdkthá 32 segundosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCPaixão Azurra: Avaí se aproxima de quatro reforços em uma semana. https://t.co/BWoncCL5Nphá 1 horaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca