Pelo menos 10 cidades de Santa Catarina registram chuva forte, vendaval ou queda de granizo - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Tempo12/03/2017 | 18h28Atualizada em 12/03/2017 | 20h17

Pelo menos 10 cidades de Santa Catarina registram chuva forte, vendaval ou queda de granizo

Ao todo, 83 residências foram atingidas e 293 pessoas, afetadas; alerta da Defesa Civil continua até as 23h

Pelo menos 10 cidades de Santa Catarina registram chuva forte, vendaval ou queda de granizo Dina Freitas/Agencia RBS
Foto: Dina Freitas / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

A passagem da frente fria em deslocamento ao litoral de Santa Catarina trouxe chuva forte, ventos acima de 60 km/h e granizo isolado (quatro municípios). Ao todo, 83 residências foram atingidas e 293 pessoas afetadas em pelo menos 10 cidades. Ninguém ficou ferido. As informações são da Defesa Civil de Santa Catarina.

O presidente da Celesc, Cleverson Siewert, explica que por volta das 16h a área de atendimento da empresa chegou a registrar cerca de 160 mil unidades consumidoras sem energia devido às ocorrências provocadas pela chuva ou pelo vento. As áreas mais afetadas foram as regiões de Blumenau, Florianópolis, Itajaí e Videira. Até as 18h, as equipes da Celesc já haviam restabelecido o fornecimento de 90 mil unidades.

– Vamos continuar com nossas equipes trabalhando noite a dentro para resolver tudo o mais rápido possível, mas alguns casos mais graves, onde foram registradas queda de poste, por exemplo, o caminhão da Celesc pode não conseguir chegar à noite, então teremos casos que serão resolvidos apenas na manhã desta segunda-feira – explicou. 

Entre as 70 mil unidades que ainda estavam sem energia, a maioria era da Grande Florianópolis (cerca de 42 mil), principalmente na região do Norte da Ilha de Santa Catarina. Em seguida, aparecem Itajaí (12 mil), Blumenau (7 mil), Mafra (7 mil) e outras cidades com menor número de ocorrências.

Corpo de Bombeiros, Defesas Civis municipais e estaduais atuam nas ocorrências. A Celesc trabalha para reabastecer a energia elétrica nas unidades consumidoras. O alerta de temporal continua até às 23h deste domingo.

Confira abaixo as principais ocorrências registradas pela Defesa Civil:

Concórdia: Alagamento. Devido ao alto volume de chuva que caiu no município, houve alagamento em diversos pontos da cidade. Na Rua das Videiras, bairro Petrópolis atingiu 10 residências com maior intensidade.

Biguaçu: Vendaval. Devido ao vendaval ocorrido no município 50 residências tiveram o telhado destelhado, alguns totalmente e aproximadamente 10 quedas de árvores sobre via pública. Conforme o registro, 200 pessoas foram diretamente afetadas, sendo que três famílias desalojadas. A prefeitura distribuiu três rolos de lona aos atingidos e a regional da Defesa Civil estadual também auxiliou com três rolos. Não há estações meteorológicas com anemômetro (medir a velocidade do vento) na região de Biguaçu. Estações com dados mais próximas: Major Gercino 65 km/h, São José 55 km/h, Florianópolis 52 km/h.

Houve também ocorrências pontuais com pequenos danos em Alfredo Wagner, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça.

Granizo recolhido na Vargem Grande, Norte da Ilha  Foto: Simone Feldmann / Agência RBS

Florianópolis. 12/03/17. Vendaval. O vendaval no município destelhou, até o momento, 20 casas e derrubou diversas árvores sobre a via pública e fiação elétrica. Conforme o registro, 80 pessoas foram diretamente afetadas pelo evento. Ninguém ficou ferido. A regional da Defesa Civil Estadual em Florianópolis distribuiu quatro rolos de lona.

Granizo na praia da Daniela, no Norte da Ilha  Foto: Cris Macari / Agencia RBS

Xaxim. Chuvas intensas e Vendaval. O vento forte no município derrubou duas árvores e destelhou parcialmente duas casas. Houve também pontos de alagamento isolado no Bairro Alvorada. No total, oito pessoas foram contabilizadas como afetadas pelo evento. Foi distribuído 100 m de lona.

Chapecó. Vendaval. O vento forte e a chuva no município causaram danos na estrutura de uma casa. A fragilidade da residência contribuiu no colapso. A família está em casa de parentes. O Corpo de Bombeiros isolou a área, a Defesa Civil e a Assistência Social estiveram no local para prestar auxílio. Conforme o registro, cinco pessoas foram diretamente afetadas. Ninguém ficou ferido. 

Gaspar. Vendaval. O forte vento provocou danos em edificações na área urbana da cidade. Até as 18h50, havia uma família desalojada, 1 edificação com a cobertura totalmente destruída e três com telhados danificados parcialmente.


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCFalta de sincronia dos sinais complica o trânsito da manhã em Florianópolis https://t.co/MPqqRDg95W #HoraSC… https://t.co/rLEOsMrwNThá 1 minutoRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCAlta temporada terá viagens adicionais de Santa Catarina para outros quatro Estados https://t.co/RUYffVtumN #HoraSC… https://t.co/t6ti8JEYQQhá 21 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros