Pelo menos 510 animais serão castrados gratuitamente em Florianópolis até o fim de maio - Geral - Hora de Santa Catarina

Saúde animal07/03/2017 | 11h11Atualizada em 07/03/2017 | 11h36

Pelo menos 510 animais serão castrados gratuitamente em Florianópolis até o fim de maio

Mutirão realizado pela Dibea é voltado à famílias de baixa renda

Pelo menos 510 animais serão castrados gratuitamente em Florianópolis até o fim de maio Betina Humeres/Agencia RBS
Foto: Betina Humeres / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Pelo menos 510 cães e gatos serão castrados pela equipe da Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea), de Florianópolis, até o fim do mês de maio. O mutirão de castrações é realizado pela diretoria todos os anos, entre os meses de fevereiro e dezembro. Quem organiza o processo e cadastra os moradores são voluntários atuantes nas comunidades.

Fabiana Bast, diretora da Dibea, explica que o mutirão é voltado para tutores com baixa renda, que são selecionados através do serviço dos voluntários que atuam nas comunidades.

— São escolhidos lugares com alta população de animais. Os voluntários que conhecem o bairro selecionam famílias de baixa renda que precisam do serviço. O mutirão é realizado ao longo do ano todo, trata-se de uma questão de saúde pública— explica Fabiana.

Nos próximos meses, os bairros atendidos serão: Campeche, Ingleses, Vila Aparecida, Morro da Descoberta, no Maciço do Morro da Cruz, Tapera, Rio Tavares, Morro do Quilombo, Jardim Atlântico e Rio Vermelho.

A Dibea tem caminhão próprio para o transporte dos cães e gatos, a equipe de castração leva os animais para a cirurgia e devolve aos donos no dia seguinte. São priorizados cães e gatos que têm proprietários, já que após o procedimento cirúrgico eles precisam ser observados por um responsável durante uma semana.

Quem necessita castrar um animal mas não foi contemplado pelo mutirão pode procurar o Bem-Estar Animal, no bairro Itacorubi, de segundas a sextas-feiras, das 8h às 14h. É necessário comprovar residência em Florianópolis, levar documentos pessoais e ter renda familiar máxima de dois salários mínimos.

Foto: Petra Mafalda / Divulgação

Adoção de animais

A Dibea recebe cães e gatos vítimas de maus-tratos e está com a capacidade máxima ocupada, segundo Fabiana, são mais de 100 animais aguardando pela adoção. 

Quem tiver interesse em um bichinho de estimação deve levar os documentos até a instituição, assinar um termo de responsabilidade, passar por uma entrevista e escolher um cão ou gato. Feito isso, o animal é levado até a casa do novo tutor para que as condições do local sejam verificadas.

Cão Terapia

Aos sábados acontece a Cão Terapia realizada pela Organização Bem-Animal (OBA), que ajuda a dar visibilidade para os cães e gatos disponíveis para adoção. O projeto, que começou há dez anos com dez voluntários, conta hoje com 80 pessoas que passeiam, interagem, dão carinho, tratamento e tentam suprir as necessidades dos animais. 

Agende-se
O quê: Cão Terapia
Quando: Aos sábados, das 15h30min às 18h30min se não chover
Onde: Diretoria do Bem-estar Animal – SC-401, 114, Itacorubi

Leia também: 

Moradores de Araranguá poderão doar R$ 1 na conta de água para a castração de animais

Cão que desapareceu durante tornado volta para casa quase dois anos depois em SC

Gato é resgatado dentro de caminhão de lixo em Florianópolis

 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCProjeto da UFSC promove encontros gratuitos de canto pré-natal para gestantes. https://t.co/olQyR79RlX https://t.co/JdopfOzm61há 5 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCNão haverá greve no transporte público da Grande Florianópolis nesta segunda-feira. https://t.co/rMqRsaTzQb https://t.co/AKI2IDBt0jhá 6 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros