Preço dos imóveis cai pelo segundo mês seguido em Florianópolis  - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Economia08/03/2017 | 19h26Atualizada em 08/03/2017 | 19h37

Preço dos imóveis cai pelo segundo mês seguido em Florianópolis 

Sambaqui, Coqueiros e Abraão foram os bairros que mais perderam valor de venda em relação a janeiro, revela o índice DMI-Viva Real

Preço dos imóveis cai pelo segundo mês seguido em Florianópolis  Hermínio Nunes/Agencia RBS
Beira Mar tem o metro quadrado mais caro da Capital. Foto: Hermínio Nunes / Agencia RBS

Em fevereiro, o preço médio do metro quadrado para venda em Florianópolis teve a segunda desvalorização consecutiva, com queda de 1,82% em relação a janeiro, revela o levantamento DMI-Viva Real. Com isso, o valor ficou em R$ 5 mil. Na comparação com fevereiro do ano passado, quando o preço do metro quadrado era de R$ 4.825, houve alta de 3,6%. Em dezembro, o metro quadrado na Capital atingiu o maior valor de 2016: R$ 5.161.

Em relação a janeiro, os bairros que mais perderam valor de venda foram Sambaqui (-8,2%), Coqueiros (-4,9%), Abraão (-4,9%) e Vargem do Bom Jesus (-4%). A Beira Mar, apesar de também ter sofrido desvalorização (-2,2%), continua tendo o metro quadrado mais caro para venda na Capital. (Veja abaixo gráfico com os bairros mais caros da cidade).

Outras regiões, no entanto, tiveram valorização. As maiores altas foram em Vargem Grande (3,1%), Carvoeira (2,3%), Bom Abrigo (2,3%) e Pântano do Sul (2%).

O preço nominal médio do metro quadrado para aluguel também caiu na cidade em relação a janeiro - redução de 0,8% - e atingiu R$ 20,89. Em comparação a fevereiro de 2016 (R$ 20,24), houve valorização de 1,03%.

No país, em fevereiro foi registrada a terceira queda consecutiva no valor médio para venda, que atingiu R$ 4,8 mil, o menor preço em 12 meses. O ranking das cidades com os maiores preços é liderado por Brasília (R$ 8.167), seguida pelo Rio de Janeiro (R$ 7.404/m²) e por São Paulo (R$ 6.707/m²).

Em relação a aluguel, São Paulo lidera a lista com valor de R$ 36 por metro quadrado, seguida por Rio de Janeiro (R$ 32,33/m²) e Brasília (R$ 32/m²).


 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCNaufrágio deixa ao menos três mortos e 30 desaparecidos na Colômbia: https://t.co/BaNPePNdlk #colombia #naufragio https://t.co/XfAb47TqCuhá 7 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCAdolescente passa pela primeira sessão para remover frase "eu sou ladrão e vacilão": https://t.co/mmTACI6MqD https://t.co/Xbp4FhUbu6há 8 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros