Sete denunciados na Operação Blackmail são interrogados no Fórum de Jonville - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Decisão08/03/2017 | 21h44

Sete denunciados na Operação Blackmail são interrogados no Fórum de Jonville

Eles pertencem ao núcleo 1 da investigação. Juiz Gustavo Aracheski estipula três dias para que as partes envolvidas formulem pedidos de diligência

Sete denunciados na Operação Blackmail são interrogados no Fórum de Jonville Salmo Duarte/Agencia RBS
Audiências de instrução ocorrem desde esta segunda-feira Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS
Gabriela Florêncio

gabriela.florencio@an.com.br

Sete denunciados do núcleo 1 da Operação Blackmail foram ouvidos nesta quarta-feira no Fórum de Joinville. A audiência começou às 9h, com o depoimento de uma testemunha remanescente de defesa que não compareceu à audiência de instrução no início de fevereiro.

Após o testemunho, o primeiro indiciado – o fiscal Julio Cesar da Silva, da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) – foi interrogado. Ele é o principal acusado, conforme denúncia do Ministério Público, de controlar um esquema de corrupção a partir do cargo que ocupava na Sema. O depoimento de Julio durou cerca de três horas.

Também foram interrogados a filha de Julio, Ana Carolina de Medeiros da Silva; a irmã dele, Elaine Cristina da Silva; o genro, Mauricio de Lima Lopes; o ex-vereador Juarez Nicácio Pereira; o arquiteto Adelson Macelay; e o funcionário da Sema Alessandro José Maia.

Segundo a assessoria da 2ª Vara Criminal, as sentenças devem sair nos próximos dias. O juiz Gustavo Aracheski estipulou três dias de prazo para que as partes formulem pedidos de diligências para suprimir eventuais dúvidas que tenham surgido durante o processo. Caso esses pedidos não aconteçam, o MP terá cinco dias – e a defesa mais cinco – para fazer as alegações finais. Após esse prazo, a sentença é dada pelo juiz.


Saiba quais foram as oito provas para as prisões preventivas


A operação foi deflagrada em novembro de 2016 e investiga supostas ações de coibição executadas por Julio Cesar da Silva. Pelo menos oito provas envolvem diretamente sete suspeitos e, indiretamente, cinco pessoas. Os denunciados do núcleo 1 respondem pelos crimes de corrupção passiva e organização criminosa, entre outros.

O ex-vereador João Carlos Gonçalves está no núcleo 2 e aparece como interlocutor de Julio no esquema, além de beneficiário direto de tráfico de influência. O processo deste núcleo está em fase de citação e apresentação de defesa dos denunciados.

Os envolvidos
Núcleo 1

— Julio Cesar da Silva, fiscal da Sema.
— Ana Carolina de Medeiros da Silva, filha de Julio.
— Elaine Cristina da Silva, irmã de Julio.
— Mauricio de Lima Lopes, genro de Julio.
— Juarez Nicácio Pereira, ex-vereador.
— Adelson Macelay, arquiteto.
— Alessandro José Maia, funcionário da Sema.

Núcleo 2
— João Carlos Gonçalves, vereador.
— Daniel Grah, modelo.
— Jucelio Francisco Gabriel, assessor parlamentar.
— Maurício Pirchio, empresário.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Audiência 20/02/2017 | 15h29

Justiça começa a ouvir testemunhas da operação Blackmail, em Joinville

Neste primeiro momento, somente serão ouvidas testemunhas de acusação e defesa do Núcleo 1

Investigação 13/12/2016 | 19h45

MP denuncia envolvidos na Blackmail por lavagem de dinheiro e tráfico de influência em Joinville

Vereador João Carlos Gonçalves está entre os denunciados pelo Ministério Público

Investigação 18/11/2016 | 19h18

Ministério Público conclui fase de depoimentos na Operação Blackmail

Um dos investigados, o ex-vereador Juarez Pereira, foi exonerado da Prefeitura em janeiro por desvio de conduta, diz prefeito Udo Döhler

Operação Blackmail 18/11/2016 | 08h02

Em depoimento, ex-vereador Juarez Pereira se declara inocente

Ministério Público ouvirá o vereador João Carlos Gonçalves nesta sexta-feira

Portal 14/11/2016 | 21h11

Saavedra: Justiça libera um dos presos na Operação Blackmail em Joinville

Homem foi solto após ser ouvido nesta segunda-feira

Segurança  11/11/2016 | 09h14

Saiba quais foram as oito provas para as prisões da Operação Blackmail em Joinville

A Notícia teve acesso à decisão do juiz da 2ª Vara Criminal que determinou a prisão de sete pessoas por suspeita de corrupção

Segurança  10/11/2016 | 10h04

37 testemunhas foram ouvidas na Operação Blackmail em Joinville

Fase para confirmar crimes em Joinville começou ontem. Os sete suspeitos continuam presos

Segurança  10/11/2016 | 07h03

Como fica o trabalho de João Carlos Gonçalves na Câmara de Vereadores

Vereador não perderá o cargo, mas só poderá ser substituído se pedir licença do cargo

Portal 09/11/2016 | 07h11

Ministério Público vai ouvir 77 pessoas sobre a operação Blackmail

São comerciantes, donos de imóveis e empreendedores que podem ter sido vítimas de achaques ou de tentativas

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCFalta de sincronia dos sinais complica o trânsito da manhã em Florianópolis https://t.co/MPqqRDg95W #HoraSC… https://t.co/rLEOsMrwNThá 4 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCAlta temporada terá viagens adicionais de Santa Catarina para outros quatro Estados https://t.co/RUYffVtumN #HoraSC… https://t.co/t6ti8JEYQQhá 24 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros