Espaço do Trabalhador: Palhoça lança programa voltado aos microempreendedores - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Empreendedorismo15/05/2017 | 07h24Atualizada em 15/05/2017 | 07h24

Espaço do Trabalhador: Palhoça lança programa voltado aos microempreendedores

Projeto Salto será apresentado dia 18 de maio, prevendo workshops, mentorias personalizadas, consultorias e troca de experiências

Hora de Santa Catarina
Hora de Santa Catarina

redacao@horasc.com.br

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Palhoça — em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC) e o Impact Hub — lançará o projeto Salto no dia 18 de maio. A iniciativa, que é tida como inédita no país, oferecerá ferramentas de gestão e inovação para aumentar as chances de sucesso dos chamados MEI (microempreendedores individuais).

O programa promoverá workshops, mentorias personalizadas, consultorias, troca de experiências e apresentação de casos de sucesso inspiradores. Com essas ações, pretende oportunizar um salto — como o próprio nome sugere — de qualidade das iniciativas empreendedoras visando reduzir drasticamente a mortalidade precoce desses empreendimentos.

O programa será dividido em três etapas com duração total de seis meses — os encontros serão semanais. Os microempreendedores registrados na prefeitura interessados no projeto devem acessar AQUI e preencher o formulário. Em caso de dúvidas, escreva para o e-mail info@saltoaceleradora.com ou ligue para (48) 99804-0415, que também é Whatsapp.

O lançamento prevê palestra de Hamilton Henrique, fundador do Saladorama, negócio social com missão de democratizar a alimentação saudável nas comunidades do Brasil. Hamilton é mentor de diversas iniciativas experimentais para solucionar problemas sociais e estruturais nas localidades onde trabalha. 

PARA EVITAR A MORTE DAS EMPRESAS

Segundo o secretário Marcelo Fett, é fundamental que o poder público concentre esforços no sentido de reduzir a mortalidade desses microempreendedores.

— Palhoça registrou 1,5 mil novos MEIs apenas em 2016. Se nada for feito e considerando a média nacional, 60% deles vão quebrar em menos de três anos, o que significaria um grave problema social0020 — pondera em nota de divulgação.

Para a coordenadora regional do Sebrae/SC na Grande Florianópolis, Soraya Tonelli, a parceira reforça a importância da capacitação empresarial.

— O empreendedorismo deve ser encarado com profissionalismo. Para se tornar competitivo no mercado e crescer, o empresário precisa buscar conhecimento e estar em constante atualização. Essa iniciativa inédita irá garantir ao microempreendedor individual de Palhoça essa oportunidade.


 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCFalando de Sexo: gosto do meu marido, mas sinto falta do sexo com o outro https://t.co/Px3cmVIJep #HoraSC https://t.co/Usbki2BUYfhá 6 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCXuxa diz que encerrará fundação filantrópica por conta da crise https://t.co/fFpvLpE8an #HoraSC #Xuxa https://t.co/VKEJmLOYAnhá 6 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros