Mário Motta: leitores reclamam da quantidade de ratos nas ruas de Florianópolis - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

Preocupante11/12/2017 | 03h00Atualizada em 11/12/2017 | 15h46

Mário Motta: leitores reclamam da quantidade de ratos nas ruas de Florianópolis

 Todos nós precisamos colaborar para resolver o problema, jogando lixo no lugar certo 

Mário Motta: leitores reclamam da quantidade de ratos nas ruas de Florianópolis Gregori Flauzino/NSC TV
Iscas foram instaladas Foto: Gregori Flauzino / NSC TV

Recebi só no final de semana pelo menos duas reclamações de leitores sobre o crescimento do número de ratazanas em Florianópolis. Uma delas veio da Agnes, que é moradora de Canasvieiras e aponta um terreno murado, localizado na Rua Milton Leite da Costa (em frente a um grande hotel), à beira da praia, como o foco da proliferação. Ao mesmo tempo, o Fernando Malagoli alerta para o aumento do número de ratos na principal praça do centro da cidade, a XV de novembro, e imediações do Mercado Público de Florianópolis

Aliás, corre nas redes sociais uma disputa bizarra entre transeuntes daquela região e um grande rato, cujo enfrentamento teve que ser feito à pontapés pelos pedestres, caso contrário o roedor os atacaria em pleno calçadão do Largo da Alfândega. O combate aos ratos é feito pela Comcap, em parceria com o Centro de Zoonoses e a Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis. Já foram adquiridas e colocadas mais de 28 mil iscas e esse trabalho é renovado a cada dois meses. 

Quinzenalmente os servidores passam pelos locais fiscalizando, mas de nada adianta todo esse empenho se a população continuar jogando lixo em qualquer lugar. Entre as iscas e os restos de comida, imagino que as ratazanas irão preferir restos de comida e dessa forma, fica muito mais difícil combate-las. Todos nós também precisamos colaborar, jogando lixo no lugar certo e não para alimentar cada vez mais os ratos. 

Leia mais comentários de Mário Motta
Leia notícias sobre emprego e carreira no Espaço do Trabalhador da Hora  


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SC“Um ponto crítico é a falta de infraestrutura”, diz presidente da Floripa Airport. https://t.co/GTlsz3qdkthá 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCPaixão Azurra: Avaí se aproxima de quatro reforços em uma semana. https://t.co/BWoncCL5Nphá 2 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca