Autoridades desmentem alerta falso sobre chegada iminente de míssil ao Havaí - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

Honolulu13/01/2018 | 19h00

Autoridades desmentem alerta falso sobre chegada iminente de míssil ao Havaí

AFP
AFP

Autoridades do Havaí desmentiram neste sábado um alerta enviado por engano sobre a chegada iminente de um míssil balístico ao arquipélago americano e o chamado aos cidadãos para se protegerem.

Em tuítes separados, o governador do Havaí, David Ige, e a agência local de situações de emergência afirmaram que o território americano no Pacífico não estava sob a ameaça de um míssil balístico, em meio a um contexto geopolítico tenso, devido às ameaças de ataque nuclear feitas pela Coreia do Norte contra interesses americanos.

O alerta foi enviado por engano às 8h locais para alguns celulares, com a mensagem: "Ameaça de míssil balístico em direção ao Havaí. Busque um abrigo imediato. Isto não é um exercício."

A advertência se propagou rapidamente pelas redes sociais, causando pânico no arquipélago, após meses de tensão entre Washington e Pyongyang.

"Havaí, isso é um alarme falso", publicou a deputada democrata Tulsi Gabbard no Twitter. "Confirmei com autoridades que não há um míssil a caminho."

David Benham, porta-voz do centro de comando militar americano para aquela zona do Pacífico, afirmou que não havia detectado ameaça de míssil balístico sobre o Havaí.

Benham explicou que "a mensagem anterior foi enviada por engano" através do Sistema de Alertas de Emergência que as autoridades nacionais usam para enviar informações urgentes para os cidadãos.

O serviço de emergências do Havaí confirmou que não havia ameaça de míssil, e o senador democrata pelo Havaí, Brian Schatz, publicou um tuíte afirmando que o incidente se deu por "falha humana", sem divulgar detalhes.

Segundo o serviço meteorológico nacional em Honolulu, a mensagem teria sido um teste enviado por engano, segundo um comunicado publicado em seu site.

"Não há nada mais importante do que profissionalizar e colocar salvaguardas neste sistema de alertas Amber", advertiu o senador.

* AFP

 
Hora de Santa Catarina
Busca