Ataques a campos petrolíferos paralisam 20% da produção na Colômbia - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Bogota13/02/2018 | 14h04

Ataques a campos petrolíferos paralisam 20% da produção na Colômbia

AFP
AFP

Vários atos de sabotagem contra três dos principais campos petrolíferos no centro da Colômbia afetaram mais de 20% da produção do país desde o fim de semana, informou nesta terça-feira a Ecopetrol.

No domingo, "tivemos vários atos de vandalismo e terrorismo em nossas instalações, que levaram ao fechamento total do maior campo do país, o Castilla, e do terceiro maior, o Chichemene", disse José Cotello, vice-presidente da empresa, à mídia local.

Os 800 poços de Castilla, Chichimene e CPO-9, no estado de Meta, somam cerca de 192 mil barris diários. A Ecopetrol produz, ao todo, 840 mil.

Embora autoridades não tenham falado sobre a autoria das ações, as comunidades exigem da empresa maior contratação de mão de obra local, o que tem elevado a tensão social.

* AFP

 
Hora de Santa Catarina
Busca