Em meio a protesto no centro de Florianópolis, lei que cria o Creche e Saúde Já é sancionada - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

ORGANIZAÇÕES SOCIAIS25/04/2018 | 20h33Atualizada em 25/04/2018 | 22h24

Em meio a protesto no centro de Florianópolis, lei que cria o Creche e Saúde Já é sancionada

Em meio a protesto no centro de Florianópolis, lei que cria o Creche e Saúde Já é sancionada Marco Favero/Diário Catarinense
Foto: Marco Favero / Diário Catarinense

Foi sancionado pelo prefeito Gean Loureiro e publicado no Diário Oficial Eletrônico de Florianópolis, na noite desta quarta-feira (25), a lei que institui o programa Creche e Saúde Já da Prefeitura. A proposta transfere para a iniciativa privada, as chamadas organizações sociais (OS), a gestão da UPA do Continente e das novas creches do município.

Do lado de fora da prefeitura, servidores em greve protestaram contra a proposta. Eles querem a revogação da lei para encerrar a paralisação.

Por volta das 19h30, houve uma rápida reunião entre a direção do sindicato da categoria (Sintrasem) e o gabinete de Gean Loureiro para tratar da nova lei. No entanto, esse encontro estava condicionado ao fim da greve, o que não aconteceu. Por isso, nada foi deliberado. Uma nova rodada de negociação deve acontecer na manhã desta quinta-feira.

Greve continua e protestos no Ticen

À tarde, os funcionários públicos fizeram uma nova assembleia na praça Tancredo Neves, onde votaram pela manutenção da greve, que nesta quinta chega ao 16º dia. Em seguida, protestaram em frente ao terminal integrado do Centro (Ticen).

Eles bloquearam os dois lados da Avenida Paulo Fontes no horário de pico, por volta das 18h. O protesto prejudicou a saída de alguns ônibus. Alguns chegaram a ficar represados dentro do terminal, mas trinta minutos depois começaram a liberar a pista. Fora isso, não houve conflitos. Havia forte presença da Polícia Militar.

 FLORIANÓPOLIS, SC, BRASIL - 25/04/2018Protesto do sindicato dos servidores públicos Sindserv contra as Organizações Sociais
Foto: Marco Favero / Diário Catarinense
 FLORIANÓPOLIS, SC, BRASIL - 25/04/2018Protesto do sindicato dos servidores públicos Sindserv contra as Organizações Sociais
Foto: Marco Favero / Diário Catarinense

Leia mais 

Unidades de saúde funcionam parcialmente nesta quarta-feira, em Florianópolis 

No 13º dia de greve dos servidores, atendimento é parcial na Educação 

Votação do projeto "Creche e Saúde Já" tem tumulto e gás de pimenta dentro da Câmara de Vereadores de Florianópolis

 
Hora de Santa Catarina
Busca