Trump planeja taxar importações de veículos aos Estados Unidos - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

Washington24/05/2018 | 01h06

Trump planeja taxar importações de veículos aos Estados Unidos

AFP
AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, planeja impor novas tarifas sobre às importações de veículos, revela um comunicado enviado ao secretário do Comércio, Wilbur Ross, divulgado nesta quarta-feira.

"Solicitei ao secretário Ross que inicie um estudo sob a Seção 232 sobre as importações de veículos, incluindo caminhões e autopeças, para determinar seu impacto sobre a segurança nacional dos Estados Unidos", escreveu Trump a Ross, que já iniciou a avaliação, segundo a secretaria do Comércio.

"As indústrias básicas como a dos automóveis e das autopeças são fundamentais para nossa fortaleza como Nação", destaca Trump no comunicado.

O próprio Ross anunciou ter iniciado um estudo sobre a Seção 232 que proporcionará a base legal para a imposição de tarifas caso isto seja decidido.

"O departamento de Comércio realizará uma investigação exaustiva, justa e transparente sobre se tais importações estão debilitando nossa economia interna e podem prejudicar a segurança nacional", declarou Ross.

Segundo o secretário do Comércio, "há evidencias que sugerem que, durante décadas, as importações têm erodido nossa indústria automobilística nacional".

No comunicado, o departamento de Comércio cita números que mostram uma queda de 22% nos postos de trabalho nos Estados Unidos ligados à fabricação de automóveis entre 1990 e 2017.

A administração Trump utilizou a mesma justificativa para impor fortes tarifas sobre as importações de aço e de alumínio.

The Wall Street Journal informou nesta quarta-feira que Trump planeja taxar em até 25% as importações de veículos para os Estados Unidos.

O anúncio está relacionado às negociações com Canadá e México sobre a reformulação do Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), estancadas na questão dos automóveis.

Mas Trump também critica com frequência as altas tarifas impostas pela China sobre as importações de automóveis.

Durante negociações recentes, o presidente chinês, Xi Jinping, ofereceu reduzir a taxação sobre a importação de automóveis de 25% para 15%.

The Wall Street Journal disse que a medida provavelmente enfrentará forte oposição dos parceiros comerciais e das concessionárias que vendem carros importados.

Trump já havia antecipado seu anúncio em tuítes: "Logo teremos grandes notícias para nossos grandes trabalhadores da indústria automobilística americana. Muitas décadas perdendo postos de trabalho para outros países. Já esperamos o suficiente"!

* AFP

 
Hora de Santa Catarina
Busca