Greve força Ryanair a cancelar 600 voos europeus - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

Madri18/07/2018 | 16h01

Greve força Ryanair a cancelar 600 voos europeus

AFP
AFP

A companhia aérea "low cost" irlandesa Ryanair anunciou nesta quarta-feira o cancelamento de 600 voos na Europa em 25 e 26 de julho, devido a uma greve dos tripulantes prevista na Espanha, em Portugal e na Bélgica.

"Esses cancelamentos afetarão 50 mil dos 430 mil clientes da Ryanair (12%) em cada um dos dois dias", ou seja, um total de 100 mil passageiros, disse a Ryanair em um comunicado.

Ao todo 600 voos será cancelado durante a greve, disse um porta-voz da empresa à AFP.

"Até 200" voos diários de e para a Espanha serão cancelados, outros 50 de ou para Portugal e mais 50 de ou para a Bélgica, disse o comunicado.

O porta-voz da companhia aérea mantém o calendário de voos da Itália inalterado. A greve também ocorrerá lá, mas apenas em 25 de julho.

Os cinco sindicatos dos funcionários de bordo que convocaram a paralisação exigem da empresa a aplicação da legislação de cada país no qual emprega pessoal e as mesmas condições de trabalho para funcionários contratados e seus interinos.

* AFP

 
Hora de Santa Catarina
Busca