Comcap realiza limpeza de casarão abandonado na Rua Frei Caneca, em Florianópolis - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

Patrimônio10/08/2018 | 15h49Atualizada em 10/08/2018 | 15h49

Comcap realiza limpeza de casarão abandonado na Rua Frei Caneca, em Florianópolis

Casa abrigou três ex-governadores de Santa Catarina e foi tombada como patrimônio histórico em 2015

Comcap realiza limpeza de casarão abandonado na Rua Frei Caneca, em Florianópolis Mateus Boaventura/CBN Diário
Limpeza foi realizada na manhã de sexta-feira, 10, e retirou uma caçamba cheia de lixo e entulhos Foto: Mateus Boaventura / CBN Diário
Hora de Santa Catarina
Hora de Santa Catarina

redacaohsc@somosnsc.com.br

O casarão histórico da Rua Frei Caneca, no bairro Agronômica, em Florianópolis, finalmente passou por uma limpeza na manhã desta sexta-feira, 10. Equipes da Comcap, compostas por 28 funcionários, retiraram uma caçamba cheia de entulhos e lixo. A força-tarefa, que começou às 7h, é resultado de uma recomendação do Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC).

O promotor de justiça Daniel Paladino recomendou, após uma vistoria realizada na terça-feira, 7, que a prefeitura adotasse medidas urgentes visando a limpeza e o fechamento do local com tapumes. Segundo Paladino, mesmo sendo um imóvel particular, ele é tombado pelo município e, por isso, a prefeitura tem responsabilidade. 

— Recomendamos que a prefeitura chame o proprietário para que ele apresente um projeto de restauração desse imóvel, mas até que isso seja concluído, nós entendemos que é necessário que seja feito este trabalho de limpeza e retirada do lixo. 

A casa está abandonada há anos. Em 2014, o MP chegou a notificar o proprietário para que a construção fosse protegida para evitar invasões. No entanto, a casa está atualmente ocupada por um casal de andarilhos. A reportagem da CBN Diário esteve no casarão nesta semana e registrou o estado deplorável do local. 

André Grippa, gerente do Centro de Controle de Zoonoses de Florianópolis esclareceu, durante entrevista à CBN Diário, sobre os riscos à saúde pública com relação ao lixo acumulado no local.

— Primeiro que podem se tornar depósitos para os ovos do mosquito Aedes aegypti, depois porque atraem ratos, baratas e inúmeros animais que vão procurar um local com essas características para procurar alimento e abrigo. Esses animais têm uma série de doenças que são transmissíveis aos humanos, principalmente a leptospirose. 

O abandono do casarão histórico veio à tona após uma mulher sofrer uma tentativa de abuso quando passava em frente à construção no dia 1º de agosto. Um homem agarrou a vítima e tentou leva-la para dentro do imóvel. Pessoas que passavam pelo local o impediram.  

O casarão foi moradia de três ex-governadores catarinenses: Vidal, Nereu e Celso Ramos, além de Mauro Ramos, que foi prefeito de Florianópolis. A construção foi tombada como Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural da cidade em 2015.

Leia também

"Tem que provar na justiça que não tem condições de restaurar", diz presidente do Iphan

Trapiche para receber cruzeiros em Florianópolis passa para Canajurê

Feira Viva a Cidade, em Florianópolis, tem edição especial de Dia dos Pais

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCMega-Sena tem prêmio estimado de R$ 48 milhões no próximo sorteio https://t.co/BeyzVcIeWwhá 3 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCCatarinenses conquistam mais de 5 milhões de seguidores com vídeos em que ensinam a fazer drinks https://t.co/62Jn4fgDKZhá 4 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca