Milhares protestam contra Ortega e por liberdade de presos na Nicarágua - Geral - Hora de Santa Catarina

Vers?o mobile

 

Managua09/09/2018 | 18h57

Milhares protestam contra Ortega e por liberdade de presos na Nicarágua

AFP
AFP

Milhares de nicaragüenses participaram neste domingo da "marcha dos balões" para exigir a libertação dos "oresos políticos" e a saída do governo de Daniel Ortega, que desde abril é alvo de protestos reprimidos com violência.

Convocada pelos pais de centenas de manifestantes que estão presos por participar dos protestos - que já deixaram mais de 320 mortos -, a marcha saiu em Manágua com forte presença policial.

"Não temos medo, queremos a liberdade dos presos políticos e eleições antecipadas", disse à AFP a manifestante María José, de 57 anos.

Os opositores - jovens, adultos, crianças e idosos - marcharam pelas ruas levando balões azuis e brancos, as cores da bandeira nacional.

"Liberdade! O povo unido jamais será vencido!", gritou a multidão que percorreu vários quilômetros.

"O governo faz tantas coisas ruins que perdemos o medo, tanta injustiça nos deixa indignados", queixou-se à AFP Alba Jarquín, que foi ao protesto com seu filho em um carrinho de bebê enfeitado com a bandeira do país.

Os manifestantes acusam Ortega, um ex-guerrilheiro de 72 anos, há 11 no poder, de estabelecer, junto com sua mulher, a vice-presidente Rosario Murillo, uma ditadura marcada pelo nepotismo e pela corrupção.

Os protestos começaram em 18 de abril contra uma reforma fracassada do sistema previdenciário. Mais tarde, passaram a exigir a saída do presidente, devido ao desconforto causado pela violenta repressão do governo contra os manifestantes.

O governo, por sua vez, acusa os manifestantes de "golpe" e atribuiu a eles a morte de 198 pessoas aos protestos.

* AFP

 
Hora de Santa Catarina
Busca