Projeto da marina na Beira-Mar Norte de Florianópolis será votado nesta segunda - Geral - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

 

DOIS ANOS TRAMITANDO20/09/2018 | 17h58Atualizada em 25/09/2018 | 22h53

Projeto da marina na Beira-Mar Norte de Florianópolis será votado nesta segunda

Em audiência Pública na Câmara, vereadores e população elogiaram e criticaram o projeto

Projeto da marina na Beira-Mar Norte de Florianópolis será votado nesta segunda ARK7 Arquitetura/Divulgação
Maquete do projeto da Marina da Beira Mar Norte Foto: ARK7 Arquitetura / Divulgação

A Câmara de vereadores lotou na tarde desta quinta-feira (20) durante a audiência pública que debateu a construção de um parque urbano e a marina da Avenida Beira-Mar Norte de Florianópolis. Após dois anos tramitando, o projeto deve ir à votação na próxima segunda-feira (24), informou a presidência da Casa.

O evento estava previsto para acontecer no plenarinho, mas teve de ser transferido para o plenário devido à grande presença do público favorável e contrário à proposta. Esse foi o último trâmite antes do texto ir a plenário. Antes, ele fora aprovado por todas as cinco comissões necessárias – Meio Ambiente, Viação, Obras públicas, Orçamento e Constituição e Justiça. O presidente interino da Câmara, Roberto Katumi (PSD), destacou que colocar o projeto da marina em pauta era sua bandeira quando assumiu o cargo.

— Eu preferi trazê-lo hoje para mostrar como ficou o projeto para a sociedade. É uma forma de apresentar o projeto e como ficou após ser emendado durante esses dois anos. É para dar transparência para a sociedade — argumentou.

O projeto prevê a cessão de uso, por 30 anos prorrogáveis por mais 30, de uma área de 350 quilômetros quadrados na água e outros 123 km² na orla para o parque urbano. Estão previstas duas marinas: uma pública para 60 embarcações e outra privada para 624 veículos náuticos. 

A marina será construída entre a Praça de Portugal (trapiche) e a Praça do Sesquicentenário (Bolsão da Casan), na Beira-Mar Norte. Conforme a prefeitura, duas empresas já demonstraram interesse prévio. O prefeito Gean Loureiro enalteceu a parceria com o capital privado para que o projeto possa acontecer.

— Isso reforça a nossa realidade de querer ser uma capital relevante no turismo nacional e internacional. Promove uma geração de empregos que vai além dos empregos que a própria marina e os estabelecimentos ali possam gerar. Estamos falando de criar um ecossistema cada vez mais forte focada no turismo.

Participantes questionam impacto ambiental, na pesca e no esporte

Parque Urbano e Marina na Beira-mar Norte , Florianópolis , projeto vencedor
Foto: Divulgação / ARK7 Arquitetos

Entre as pessoas que se criticaram o projeto da marina na Beira-Mar Norte, estavam entidades de pescadores, de remo e ambientalistas. Como está prevista uma zona de exclusão de pesca, os homens do mar questionaram que a situação deles é incerta. Já o presidente da Federação Catarinense de Remo, Carlos Alberto de Melo, disse não ser contra o projeto, mas pede que os atletas também tenham seu espaço de passagem dentro da marina, sem ter que passar por fora do molhe.

— Estão tirando todo esse nosso espaço e nós não fomos sequer consultados. Lá fora o vento é muito forte. Acho que faltou um pouco de atenção com clubes que já estão aqui na Ilha, alguns há mais de cem anos.

O biólogo Matheus Haddad, representante do movimento Ponta do Coral 100% Pública, levou um estudo ambiental da UFSC que alerta para a presença de metais no solo das baías norte e sul que pode contaminar as populações de moluscos. 

— O solo das baías é de lama e contém muito metal pesado. Quando se fizer o processo de dragagem, esse metal pesado vai levantar e ficar suspenso em toda a baía. As ostras são animais filtradores, ou seja, elas vão ficar com todo esse metal pesado. Vai acabar com a produção de ostra. É uma questão muito séria!

Segundo o biólogo, há ainda uma agressão às baleias e golfinhos que vêm ao nosso litoral, já que o ruído produzido pelos barcos impede a comunicação dos cetáceos. Para ele, a marina irá expulsar estes animais daqui.

Após a fala de Matheus, o prefeito Gean Loureiro explicou que a aprovação na Câmara foi da cessão do espaço público, e que as licenças ambientais deverão ser pedidas pela empresa vencedora do edital de licitação, que só poderá ser lançado após a aprovação do texto no parlamento. 

Leia mais
Começam as obras de despoluição da Beira-Mar Norte: "No verão estará balneável" 

Prefeitura define projeto-base para edital da marina na Beira-Mar Norte

Veja o projeto apresentado pela prefeitura:


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCEstrutura natalina em empresa do bairro Pantanal impressiona. https://t.co/7eLrCIpYhPhá 12 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCO Papai Noel do shopping e o menino autista: um belo exemplo do que é empatia https://t.co/4E0SJDsxavhá 42 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca