Aditivos em quatro obras de Florianópolis poderiam construir nova creche - Geral - Hora de Santa Catarina

Vers?o mobile

 
 

Nossa Grana25/10/2018 | 06h22Atualizada em 25/10/2018 | 06h35

Aditivos em quatro obras de Florianópolis poderiam construir nova creche

Núcleos de Educação Infantil em andamento tiveram contrato ampliado em R$ 2,2 milhões

Aditivos em quatro obras de Florianópolis poderiam construir nova creche Diorgenes Pandini/Diario Catarinense
Beatriz aguarda conclusão para matricular a filha Sol Foto: Diorgenes Pandini / Diario Catarinense

Quando a pequena Sol nasceu, há dois anos, a prefeitura de Florianópolis já tinha assinado a ordem de serviço para construção da creche do Rio Tavares, no sul da Ilha. O contrato foi celebrado em setembro de 2016 e a previsão de conclusão era de seis meses. A mãe da pequena, Beatriz Ramos, na época pensou que seria mais fácil achar uma vaga para a filha na rede pública com uma creche pertinho de casa. Hoje, ela percebeu que estava errada.

Desempregada, Beatriz Ramos, 26 anos, só não procura trabalho porque espera a obra ficar pronta. Para ela, no início do próximo ano letivo a unidade já estaria funcionando. Mas um aditivo de prazo e valor publicado no Diário Oficial de Florianópolis no dia 17 de outubro mudou os planos de Beatriz e outras dezenas de mães do bairro. Por mais R$ 400 mil, o contrato agora tem prazo de vigência até maio de 2019.

— Muito ruim essa obra não ficar pronta. Prejudica demais a gente, porque eu não consigo trabalhar por cuidar dela. Ela fica sem iniciar a vida estudantil, já que não temos condições de pagar uma particular, e assim vamos indo — desabafa Beatriz, enquanto passa com a filha em frente à obra da creche, em andamento.

O secretário-adjunto da Educação, Luciano Formighieri, afirma que no Rio Tavares o prazo dado foi além do que está previsto na pasta. Segundo ele, a expectativa é inaugurar a unidade entre o final de fevereiro e início de março, a tempo do início do ano letivo 2019. 

O atraso na obra, diz, se deu porque a administração anterior, do prefeito Cesar Souza Junior, não previu na licitação a retirada de entulhos da escola que funcionava antigamente no local.

Além da creche do Rio Tavares, o Núcleo de Educação Infantil Municipal (Neim) em construção na Caieira do Saco dos Limões é outra das obras atrasadas e com aditivos contratuais de valor. Orçada em R$ 4,4 milhões, a empreitada recebeu um acréscimo de R$ 397.596,39 em 17 de outubro.

A previsão inicial de conclusão era  março de 2017, mas agora a inauguração é esperada para junho do ano que vem.

 Florianopolis, SC, Brasil, 23.10.2018: Creches de Florianopolis que deveriam estar prontas estão ainda em obras. (Foto: Diorgenes Pandini/Diario Catarinense)
Unidade do Rio Tavares só vai ficar pronta no ano que vemFoto: Diorgenes Pandini / Diario Catarinense

Projeto muda de Núcleo de Eeducação Infantil para escola 

O secretário-adjunto Formigheri diz que, dos 20 projetos de creches na Capital herdados da administração anterior, “os 20 tinham algum tipo de problema”. Sobre os aditivos, ele afirma que a maioria não ultrapassou 25% do custo da obra, como prevê a Lei de Licitações.

— Aditivo é uma coisa natural. É que nem a sua casa. Quando você vai construir, você começa pensando em gastar R$ 100 mil e gasta R$ 150 mil. Não é uma coisa de todo inadmissível — defende.

O secretário, porém, observa que os aditivos oriundos de erros nos projetos são os mais prejudiciais, porque “os consertos no caminho implica às vezes em demolição, e aí sim é prejuízo”. Um desses casos aconteceu na creche em construção no Morro do Horácio, onde erros no projeto fizeram com que a obra necessitasse de um aditivo de 35% do valor da obra. Assim, o empreendimento foi cancelado pela atual gestão da prefeitura de Florianópolis.

— Tivemos que cancelar essa obra, comunicar ao Tribunal de Contas, e vamos relicitar para conclusão. Essa deve atrasar até meados do ano que vem — revela.

Em Ingleses, o projeto de construção da creche foi alterado para ser uma escola de ensino fundamental. Já no Rio Vermelho, o contrato que havia sido rescindido no ano passado, foi celebrado novamente com a mesma empresa. Sobre Ingleses, Formigheri diz que a região tem uma demanda maior por vagas no ensino fundamental.

— Porque naquela região nós temos todos os anos um grande fluxo migratório, onde precisamos colocar de 200 a 300 novas vagas todos os anos, e a educação fundamental é um direito obrigatório, diferente da creche que não é obrigatório. Então, nós precisamos relicitar esse projeto e fazer um novo processo para escola.

Com aditivos daria para fazer uma nova

A reportagem obteve no Portal da Transparência da prefeitura de Florianópolis os aditivos contratuais de quatro obras de creches na cidade. Além dos empreendimentos no Rio Tavares e no Saco dos Limões, outras duas unidades em construção em Ingleses e no Morro do Horácio também receberam aditivos contratuais de valor e prazo. A soma nas quatro obras é de R$ 2,2 milhões, o que seria suficiente para erguer uma nova creche com o mesmo custo inicial das que estão em construção na Cachoeira do Bom Jesus e no Ribeirão da Ilha, por exemplo, ambas abaixo da casa dos R$ 2 milhões.

 Florianopolis, SC, Brasil, 23.10.2018: Creches de Florianopolis que deveriam estar prontas estão ainda em obras. (Foto: Diorgenes Pandini/Diario Catarinense)
Só esta obra receber quase R$ 800 mil em aditivosFoto: Diorgenes Pandini / Diario Catarinense

VALORES E PRAZOS

Creche Morro do Horácio

  • Atendimento a 215 crianças (12 salas)
  • Valor do contrato: R$ 3.655.918,78
  • Ordem de serviço – setembro de 2016
  • Cinco aditivos de prazo e dois de valores, aumentando o custo em R$ 667.940,08
  • Vencimento do contrato em dezembro de 2018 (ainda em vigor no Portal da Transparência)

Creche Rio Tavares

  • Atendimento a 215 crianças (12 salas)
  • Valor do contrato: R$ 4.575.869,74 (Inicial)
  • Ordem de serviço – setembro de 2016
  • Cinco aditivos de prazo e dois de valores, aumentando o custo em praticamente R$ 800 mil.
  • Vencimento do contrato em maio de 2019

Creche dos Ingleses 

  • Atendimento a 360 crianças (20 salas)
  • Valor do contrato: R$ 4.747.612,60
  • Ordem de serviço – outubro de 2016
  • Três aditivos de prazo e um de valor, que aumentou a obra em R$ 376.112,36.
  • Vencimento do contrato em janeiro de 2019

Creche Caieira do Saco Dos Limões

  • Atendimento a 215 crianças (12 salas)
  • Valor do contrato: R$ 4.441.616,02
  • Ordem de serviço – setembro de 2016
  • Três aditivos de prazo e um de valor, que aumentará a obra em R$ 397.596,39
  • Vencimento do contrato em novembro de 2018

* Todas com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCAvaí e Chapecoense conhecem datas e horários das próximas rodadas do Brasileirão  https://t.co/BWUq9PvEuphá 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCFigueirense garante permanência de Hemerson Maria após proposta do exterior  https://t.co/ln9MADvCJohá 3 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca