Deques da região continental de Florianópolis estão podres - Geral - Hora de Santa Catarina

Vers?o mobile

 
 

SEU PROBLEMA É NOSSO23/10/2018 | 19h53Atualizada em 23/10/2018 | 20h04

Deques da região continental de Florianópolis estão podres

Deques da região continental de Florianópolis estão podres Mateus Boaventura/CBN Diário
Foto: Mateus Boaventura / CBN Diário

Apreciar a vista das baías Sul e de São José pode se tornar uma atividade perigosa se você estiver nos deques públicos da beira da praia, no bairro Coqueiros, em Florianópolis. As estruturas estão abandonadas e cheias de armadilhas.

Na região do Bom Abrigo, o deque está com a madeira podre, enferrujado e sem proteção lateral. Inclusive caiu parte do acesso. O local também está cheio de buracos que podem causar acidentes, já que cabe uma perna ali tranquilamente.

— Tem que cuidar ou então nem usar. Eu cuido bem quando caminho com meu cachorro por ali que é pra ele não cair ali — relata a moradora Maria Estela, de 68 anos.

A idosa também reclama que nunca viu funcionários consertado a estrutura. De fato, desde 2015, os deques do Bom Abrigo estão sem manutenção. Em agosto deste ano, a prefeitura de Florianópolis esteve no local, quando foi elaborado um laudo. No entanto, nada foi feito ainda.

O secretário municipal do Continente, Edinho Lemos, disse em entrevista à Rádio CBN nesta terça-feira (23) que acompanha a situação há algum tempo e reconhece que o deque "realmente está muito precário". O político prometeu uma reforma geral da estrutura e mais:

— Está sendo feito o levantamento, não só do Bom Abrigo, mas de todos os deques do município. E como nós temos uma quantidade grande de deques na orla de Coqueiros, vários deles serão reformados. Está sendo feito um processo licitatório já em andamento. Queremos dar a ordem de serviço ainda nesse ano.

Conforme Lemos, existe um laudo do engenheiro da Secretaria do Continente pedindo para que algumas áreas sejam interditadas em razão de diversas madeiras podres que colocam em risco as pessoas que lá transitam. 

Decks da região continental de Florianópolis estão podres
Foto: Mateus Boaventura / CBN Diário
Decks da região continental de Florianópolis estão podres Dona Maria Estela , de 68 anos
Moradora Maria Estela, de 68 anosFoto: Mateus Boaventura / CBN Diário


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCIgor Amorelli estreia no ano com defesa do título no Ironman 70.3 https://t.co/SVruKHpIbrhá 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCNota melhora, mas Aeroporto de Florianópolis mantém pior avaliação entre passageiros https://t.co/wRY2h8kaaehá 1 horaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca