Autoridades sauditas investigam jornalista por usar 'roupa indecente' - Jornal Hora de Santa Catarina - polícia, futebol, entretenimento e notícias da Grande Florianópolis

Versão mobile

 

Riade27/06/2018 | 21h46

Autoridades sauditas investigam jornalista por usar 'roupa indecente'

AFP
AFP

As autoridades sauditas anunciaram nesta quarta-feira (27) a abertura de uma investigação contra uma jornalista de uma rede de televisão de Dubai acusada de usar "roupa indecente" durante uma reportagem realizada na rua.

Shireen al-Rifaie, uma jornalista saudita do canal de televisão Al Aan TV, fez uma reportagem em uma rua de Riad vestida com uma calça pantalona branca, uma abaia da mesmo cor e um longo vestido longo com um pequeno decote. Também usava um véu de modo que seu cabelo poderia ser visto.

As imagens provocaram numerosos protestos de conservadores que utilizaram a hashtag "mulher nua dirige em Riad" nas redes sociais.

Após as críticas suscitadas no reino saudita ultraconservador, as autoridades anunciaram nesta terça-feira que a autoridade geral para os meios audiovisuais havia aberto uma investigação contra a jornalista, acusada de ter "violado as regras e costumes" locais ao vestir "roupa indecente" durante a gravação de sua reportagem sobre a conquista das mulheres sauditas ao direito de dirigir.

Shireen al-Rifaie negou a acusação afirmando ao site Ajel que vestia "roupa decente". Segundo a página, a jornalista saiu do país após o início da polêmica.

* AFP

 
Hora de Santa Catarina
Busca