Paixão Azurra: Avaí Token vira notícia internacional - Jornal Hora de Santa Catarina - polícia, futebol, entretenimento e notícias da Grande Florianópolis

Versão mobile

 

Opinião13/09/2018 | 06h50Atualizada em 13/09/2018 | 06h50

Paixão Azurra: Avaí Token vira notícia internacional

Colunista Vinícius Bello opina diariamente sobre os assuntos do Leão da Ilha

Paixão Azurra: Avaí Token vira notícia internacional Felipe Carneiro/Diário Catarinense
Foto: Felipe Carneiro / Diário Catarinense
Vinícius Bello
Vinícius Bello

azurra@somosnsc.com.br

A coletiva de ontem superou as expectativas. Tinha-se a informação de que o clube faria anúncio de utilização do sistema Blockchain, e imaginávamos que seria para utilizar base de dados no departamento de futebol. Ainda frisamos aqui que tratava-se do sistema que possibilitou a criação das criptomoedas, só não imaginávamos que, em parceria com a SportyCo e Blackbridge Sports, o Avaí lançaria a sua própria moeda digital. A ação é pioneira no mundo entre clubes de futebol e teve um impacto bastante positivo.

Com o lançamento oficial no mês de outubro, investidores do mundo inteiro poderão adquirir o Avaí Token, que será vendido, inicialmente, por um dólar cada. A moeda poderá ser utilizada em troca de benefícios junto ao clube, o que precisa ser bem explorado pelo Avaí. A fase de divulgação é fundamental para atrair o interesse no projeto. De qualquer forma, uma iniciativa que surpreende e gera grande expectativa. O clube, de fato, precisa buscar inovações e novas formas de captação de recursos, pois só assim conseguirá mudar de patamar financeiro, para além de cotas televisivas entre ascensões e descensos de divisão.

Investimentos

Caso o projeto seja bem sucedido, o clube espera arrecadar ao menos R$ 32 milhões – meta bastante ousada –, a serem investidos na infraestrutura do Avaí, pagamento de dívidas e departamento de futebol.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais colunas da
Paixão Azurra
Fique por dentro de tudo que é notícia sobre o
Avaí
Secador e curioso?
Espia a coluna do vizinho também 

 
Hora de Santa Catarina
Busca